· Janeiro, 2011

Notícias sobre Ativismo Digital de Janeiro, 2011

Leia este post.

Síria: Internautas correm para apoiar os protestos egípcios

Enquanto continuam os protestos para derrubar o regime de Mubarak, no Egito, sírios estão correndo para ajudar os manifestantes de todas as maneiras que podem. O Damascus Bureau informou que hackers assumiram o site do diário Baladna e deixaram uma mensagem dizendo: "Nós não permitiremos um apagão midiático em relação ao que está acontecendo no Egito. Aqui estão algumas notícias sobre o que está acontecendo no Egito.".

Leia este post.

Das Maldivas ao Egito: Uma Revolução Pode Ser Censurada?

  30 Janeiro, 2011

Quando o governo egípcio decidiu por um desligamento total da Internet no país para frear os crescentes protestos anti-governo, a população das Maldivas pôde se lembrar do dia 13 de agosto de 2004, quando o governo maldivo bloqueou o acesso a Internet no país depois de grandes manifestações pró-democracia.

Leia este post.

Maldivas: Em solidariedade com o Egito

  30 Janeiro, 2011

Os protestos em curso no Egito 'eletrizaram' netcidadãos nas Maldivas. Esses levantes têm significado especial aos maldivos por trazer recordações dos protestos pró-democracia realizados há alguns anos na nação insular do Oceano Índico.

Leia este post.

Sudão: Uma Revolução Popular Está Surgindo?

  30 Janeiro, 2011

Inspirados pelos grandes protestos na Tunísia e no Egito, um grupo de ativistas sudaneses escolheu o dia 30 de janeiro de 2011 para marcar o início de manifestações pacíficas pela queda de Omar al-Bashir e seu governo. Aqui segue uma compilação de tuítes recentes usando a hashtag #SudanJan30.

Leia este post.

Egito em fotos: Das ruas do Cairo

O ativista egípcio dos direitos humanos e colaborador [en] do Global Voices Advocay Ramy Raoof tem estado, como muitos manifestantes egípcios, online apenas esporadicamente nos últimos dias. Enquanto online, no entanto, Raoof tem feito o upload de fotos tiradas nas ruas do Cairo: Fotos das manifestações, de graffitis, e de soldados, mostrando ao mundo a visão das ruas.

Leia este post.

Mundo Árabe: Novas Mídias e Manifestações no Egito

O mundo árabe está olhando com admiração para a evolução dos eventos no Egito. Hoje, a mídia social triunfa, enquanto a grande mídia apenas tenta acompanhar. Blogueiros árabes estão discutindo o papel de todos estes meios nos protestos em curso no Egito, onde milhares de pessoas estão tomando as ruas para exigir reformas políticas e econômicas.

Hungria: Filtros em reportagens da imprensa internacional?

  29 Janeiro, 2011

Hungarian Spectrum denuncia [hu] que a agência oficial de notícias da Hungria parece estar fornecendo aos veículos locais de comunicação conteúdo de notícias internacionais com “traduções errôneas”, talvez numa tentativa de “esconder do público húngaro algumas das más notícias – do ponto de vista do governo”. Enquanto isso, Galamus Csoport...

Leia este post.

Egito: Visualizando Tópicos Compartilhados no Twitter

O Twitter tem desempenhado um papel decisivo ao manter o mundo a par dos últimos acontecimentos no Egito, onde as manifestações contra o regime de 30 anos do presidente Hosni Mubarak entraram no seu quarto dia. O widget a seguir mostra conteúdos do Twitter que mencionam a hashtag #jan25 nos últimos três dias, e estão relacionados com os termos mencionados nas mensagens de pessoas no Twitter:

Egito: Vídeos valem por mil palavras

O governo egípcio está se preparando para um quarto dia consecutivo de manifestações. Ativistas têm circulado panfletos e partilhado vídeos através da Internet. O governo reagiu, fechando a rede inteira. Uma ronda rápida de vídeos postados no YouTube exortando as pessoas a aderir protesto planejado sexta-feira.

Egito: O apagão da internet

Nos últimos dias, com a população do Egito usando ferramentas de redes sociais para organizar e disseminar informações sobre os protestos, começaram a surgir vários obstáculos ao acesso. Na noite da véspera do Dia D, os cidadãos egípcios enfrentam a maior barreira possível, com o bloqueio do acesso à internet.

Leia este post.

Egito: Depois do Twitter, o Facebook está bloqueado

O Egito bloqueou hoje o acesso ao Facebook, como parte de sua repressão à transferência de informação, na sequência dos protestos de ontem. Além disso, ontem, [o Egito] bloqueou o acesso ao Twitter, dificultou a comunicação via celular em áreas onde os manifestantes estavam reunidos, e proibiu o acesso site de vídeos ao vivo Bambuser.