Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Guatemala: Chuvas Fortes e Enchentes Castigam as Comunidades Mais Pobres

Peten Flood

Foto por Arturo Godoy, usada com permissão.

O mês que passou foi muito difícil para muitos guatemalenses. Durante as tempestades tropicais, chuvas fortes, enchentes e a falta de políticas públicas voltadas a evitar tragédias resultaram em ainda mais destruição, quando plantações foram arruinadas, casas completamente destruídas e até pessoas foram enterradas vivas nos deslizamentos de terra.

Enchentes e tempestades afetaram muitas comunidades, mas o impacto é maios nas comunidades que estão abaixo do nível de pobreza. Estas comunidades são frequentemente isoladas de serviços públicos e abrigos, como é o caso das pequenas vilas em El Petén, El Quiché e Zacapa. El Poptuneco [Es] relatou que o presidente Álvaro Colom voou de helicóptero pra Poptún, uma das áreas afetadas. Também, o governador Rudel Alvarez, em seu blogue pessoal [Es], escreveu relatos sobre a situação e fez atualizações regulares sobre as condições do tempo, afirmando que esta foi a pior tragédia em 10 anos em Sayaxché [Es], outra vila no sul de El Petén, onde 288 famílias extremamente pobres foram afetadas pelas chuvas e enchentes.

Mesas de Dialogo blog [Es] contou uma história real sobre a crise:

Realizaron un sobrevuelo el día 21-10-08 por el área rural encontrándose una señora la cual desde las alturas pudieron observar que imploraba ayuda entre las inundaciones baja el helicóptero pocos segundos y ella dijo que tenía 4 días de no comer juntamente con sus hijos, perdieron su casa y sus cultivos.

“Fizeram um sobrevôo da área rural [atingida] no dia 21-10-08, e encontraram uma senhora que, mesmo das alturas, puderam ver que implorava por ajuda em meio à inundação. O helicóptero desceu em poucos segundos, e ela disse que estava a 4 dias sem comer, junto a seus filhos, e que haviam perdido sua casa e sua plantação.”

A comunidade estava inacessível por meio terrestre, então a única maneira de chegar lá era pelo ar.

O blogue de jornalismo cidadão El Zacapaneco [Es] fez relatos sobre a deterioração da infraestrutura em Zacapa (no leste da Guatemala), dizendo que La Union, uma vila, estava sofrendo novamente [Es] por conta dos deslizamentos de terra que bloquearam a estrada principal.

Mas a solidariedade está sempre presente. Conforme relatou El Portal de Peten [Es], a Aliança da Floresta [Raiforest Alliance] já expressou sua solidariedade. Médicos cubanos estão ajudando as pessoas nas áreas mais afetadas, como reportou o Municipal News Blog [Es]. A Caritas de Guatemala [Es] fez um apelo por remédios, roupas e comida, e para entrar em contato com eles basta clicar aqui[Es].

É triste ler que todos os anos acontecem tragédias como estas, e algumas regiões são sempre afetadas. Ao mesmo tempo, nenhuma política pública ou medida foi tomada para evitar os danos. O custo é muito alto: vidas humanas, casas e colheitas são todos levados embora pelas enchentes, como você pode ver nas fotos feitas por Arturo Godoy.

1 comentário

  • amigos eu sou werley trabalho com missões sou evangelico,e tenho um chamado de Deus para guatemala em breve eu vou esta ai ajudando essas pessoas,pois esta no meu coração este pais fiquem com Deus e triste ver isso acontecer mas Deus dará o livramento amém

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.