Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Hong Kong: Defendendo a liberdade de expressão

No dia 22 de fevereiro mais de uma centena de cidadãos de Hong Kong tomaram as ruas para vocalizar suas preocupações a respeito da diminuição da liberdade de expressao em Hong Kong. O protesto foi convocado pela Citizens’ Radio [Radio Cidadã, em inglês] e apoiado por outras instituições democráticas, incluindo a Campanha Salve RTHK [En], a Hong Kong Human Right Monitors [Monitoria de Direitos Humanos de Hong Kong, em inglês] e a aliança política pan-democrática de Hong Kong.

22febprotest

“Apoiamos a Rádio Cidadã!” e “Apoiamos a RTHK” foram os dizerem mais ouvidos entre os protestantes. Eles se mostraram insatisfeitos com a perseguição seletiva movida contra os convidados dos programas de entrevista da Citizens’ Radio, incluindo o senhor Szeto Wah [En], um senhor de 78 anos que é uma figura proeminente do movimento pró-democracia e o ex-líder de uma organização anti-comunista, a Hong Kong Alliance in Support of Patriotic Democratic Movements of China [Aliança de Hong Kong em Apoio aos Movimentos Patrióticos Democráticos da China, em inglês]. Ao mesmo tempo, os protestantes também estavam enfurecidos pela recusa em transformar a RTHK, uma transmissora quase pública que era crítica em relação ao governo, em uma transmissora pública independente.

O sr. Szeto Wah bravamente falou que ele nao teria medo de passar o resto de sua vida na prisão por lutar pela zona de liberdade de expressão em Hong Kong. Uma dos mestras de cerimônia do evento, Angel Lee [Zh] escreveu em seu blogue que:

本身我都很少參與遊行, 今次站出來是因為重視言論自由, 香港這個國際大都會絕對有能力容納到不同發聲的平台, 讓市民可以多個選擇, 這樣香港這美麗之都才得以發展。

“Eu raramente participo de prostestos. [Mas] desta vez eu fui porque eu me importo com a liberdade de expressão. Por ser uma cidade internacional, Hong Kong tem a habilidade de absorver diferentes canais de diferentes opiniões. Vamos permitir que os cidadãos tenham mais escolhas e tornar Hong Kong mais bela para o desenvolvimento.”

Outro participante, XOX [Zh], também apóia a luta pela liberdade de expressão em Hong Kong:

Still a bit tired after yesterday march. But it is worth it. The selective persecution in the People Readio so bloody unfair. […].So, freedom! Kind of touched when the uncle Wah (Szeto Wah) said he rather go to jail. I really really don't want him to go to jail, considering his age and everything.

“Ainda estou um pouco cansado da marcha de ontem. Mas valeu a pena. A perseguição seletiva na Rádio do Povo é tão terrivelmente injusta. […] Então, liberdade! Fiquei tocado quando o ‘tio’ Wah (Szeto Wah) disse que ele preferia ir para a cadeia. Eu realmente não quero que ele vá para a cadeia, considerando sua idade e tudo mais.”

Em resposta a um post reproduzido no Seven Deadly Sins [Sete Pecados Mortais, em inglês], sobre a liderança de Donald Tsang, pangtszyin [Zh] suspirou:

我覺得現在無論是香港新聞透明及自由度,己大不如前了.

“Na minha opinião a mídia de Hong Kong costumava ter um alto grau de liberdade e transparência, mas tudo agora está desaparecendo.”

A página do evento no Facebook também teve algumas discussões [En] e o vídeo abaixo, postado no YouTube, mostra o show que ocorreu do lado de fora do diretório central do governo depois do protesto:

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.