Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Performances e solidariedade públicas apoiam movimento em prol do aborto legal dentro e fora da Argentina

Performance realizada em frente ao Congresso da Argentina. “Por iniciativa de jornalistas argentinas, com integrantes de todas as vertentes para seguir o andamento do projeto até que se torne lei, nasceu esta convocação. Vestidas como O Conto da Aia, com a cabeça baixa e em silêncio…”. Captura de tela do vídeo compartilhado no YouTube por LaVacaTV.

Na quarta-feira, 8 de agosto, será realizada uma longa sessão na Câmara de Senadores da Argentina, que culminará com a votação do projeto de lei sobre a Interrupção voluntária da gravidez, apresentado pela Campanha Nacional pelo Aborto Legal, Seguro e Gratuito, que já obteve sanção da mídia da Câmara dos Deputados em 13 de junho deste ano após uma longa e extenuante jornada de debates e vigília nas ruas.

O histórico resultado na Câmara dos Deputados repercutiu em vários pontos do globo e atraiu a atenção de organizações, mídias e cidadãos que agora têm o olhar voltado para a Argentina à espera da votação definitiva do Senado. A Campanha Nacional clamou por um “panelaço internacional“, que foi atendido por movimentos feministas de várias cidades do mundo como uma demonstração de solidariedade.

A luta feminista e a maré verde são internacionais! De Londres gritamos juntas: aborto legal, seguro e gratuito na Argentina. Venha se juntar a nós. A solidariedade é a nossa arma!

Na quarta-feira nos reunimos em Barcelona para que o aborto legal, seguro e gratuito seja lei na Argentina.

O tema tem atraído muita atenção social, pois toca em aspectos políticos e ideológicos e também pessoais e religiosos. Nas redes sociais e nas ruas intensificaram-se as mobilizações e debates com posições a favor e contra o projeto. A Campanha Nacional convocou os “terças-feiras verdes” diante do Congresso todas as semanas durante as exposições. Também foram realizadas várias mobilizações contra o projeto: a última foi no sábado, 4 de agosto, em uma marcha que reuniu milhares de pessoas e ocupou grande parte da Avenida 9 de Julho em Buenos Aires, convocada por grupos religiosos e organizações pró-vida.

Bendito o fruto… da solidariedade

Uma das campanhas de mais impacto e com maior repercussão internacional foi uma performance das jornalistas argentinas. As ativistas desfilaram e postaram-se diante do Congresso com capas vermelhas e tocas brancas em uma manifestação que recriava “O Conto da Aia“, o romance da escritora e ativista canadense Margaret Atwood, que inspirou a popular série de televisão homônima.

Durante a mobilização trechos do livro da autora são lidos, os quais explica-se os contextos que rodeiam a aparição do romance e as ideias que a incentivaram.

Na quarta-feira, dia 8, foi feita uma convocação para vigília ao redor do Congresso e nas principais cidades do país, que será acompanhada por mobilizações em várias partes do mundo e que terá como base a cor verde, escolhida para identificar a luta pelo aborto legal, seguro e gratuito na Argentina.

Nas mensagens no Twitter pode-se ver como o apoio à causa argentina converge com outras causas fora do país. Dois exemplos são os questionamentos sobre a descriminalização parcial do aborto no Chile e a campanha regional #VivasNosQueremos, que engloba o protesto contra a violência que faz com que 14 dos 25 países com mais feminicídios no mundo sejam latino-americanos.

Captura de tela de imagens reunidas pela autora deste post sobre as campanhas em solidariedade ao movimento argentino pelo aborto legal de vários países.

A horas do histórico debate, antecipa-se um final muito acirrado. A contagem de intenção de votos, que é atualizado permanentemente, revela uma tendência contra a promulgação da lei, e poucos senadores continuam indecisos, embora não se descarte possíveis abstenções e/ou surpresas de última hora e nem se perca a fé na força da luta nas ruas.

8 de ABORTO!

Manifestação pelo aborto legal
na ARGENTINA e PORTO RICO

quarta-feira, 8 de agosto de 2018 | 12h00

Royal Bank Building, Hato Rey
Cruce Calle Bolivia / Av. Ponce de León

Quem decide é esta. ESTA QUE ESTÁ AQUI!

Em 8/8, do Equador estaremos com toda a energia na #Argentina diante da decisão do @senadoargentina. É um grande avanço nos direitos para a #Nuestramérica.

Educação sexual para decidir, anticoncepcionais para não abortar, aborto legal para não morrer.

Nos unimos à convocação da @Coordinadora8m no panelaço internacional à espera da votação do projeto do #AbortoLegal no senado argentino.

Em 8 de março o aborto será lei na Argentina, e a amanhã também será em toda a América Latina!

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.