Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

América Central: crianças migrantes não são meras estatísticas

Niños migrantes en clase. Imagen en Flickr del usuario pies cansados (CC BY-ND 2.0) .

Crianças migrantes numa sala de aula. Imagem em Flickr por utilizador pies cansados (CC BY-ND 2.0).

Num artigo de opinião para o jornal americano Milwaukee Journal Sentinel, o colaborador do Global Voices Jamie Stark pergunta-se: “Que tipo de pai pagaria US$ 10.000 (cerca de 7.800 euros) a um estranho para levar uma criança ao longo de 1.400 milhas (cerca de 2.200 km) deparando-se com grupos mafiosos e postos fronteiriços hostis? Um bom pai, talvez.”.

Como cidadão preocupado com o problema das crianças migrantes, Stark reflecte:

O que fazer com estas crianças? É certamente uma decisão importante, mas que ignora o lado humano, a história de cada criança que atravessa a nossa fronteira.
[…]
Quando os pais na América Central ouvem o rumor de que as crianças estão a ser autorizadas a ficar nos Estados Unidos, não é difícil imaginar que estes gastem as poupanças de uma vida, entre US$10.000 a US$15.000, para um estranho levar um filho ou uma filha para o norte.
[…]
Estas crianças não são meras estatísticas. Em primeiro lugar, muitas delas nem sequer queriam cá estar.

O Global Voices já escreveu sobre este tema (artigos em inglês):
The Humanitarian Tragedy of Children Emigrating Alone
An Open Letter to Salvadoran Migrant Children
Trafficked Ecuadorian Children Pass Through Hell on the Way to the US

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.