Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Vídeo: Perspectivas sobre Empreendedores Sociais Internacionais

GSBI students

Estudantes da GSBI

Direto da GSBI, a Global Social Benefit Incubator [Encubadora Global de Benefícios Sociais, en] e do The Next Billion Blog [O Blog do Próximo Bilhão, en] vem uma série de vídeo-entrevistas de empreendedores sociais de toda a parte do globo que participam de um encontro em que o editor Francisco Noguera considera ser um treinamento intensivo que conclui a Encubadora Global de Benefícios Sociais.

Mas o que é a GSBI? É assim que eles o denominam:

The Global Social Benefit Incubator (GSBI™) is the signature program of Santa Clara University's Center for Science, Technology and Society (CSTS).  It works with social entrepreneurs to empower them and their organizations and to overcome barriers to scale and impact.  Since 2003, 87 award-winning social enterprises have attended this program and become part of a growing network of path finding alumni for creating a more just and sustainable world.

A Encubadora Global de Benefícios Sociais (GSBI) é um programa do Centro de Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade de Santa Clara. O programa trabalha na capacitação de empreendedores sociais e suas organizações para superar barreiras visando sua ascenção e impacto nesse meio. Desde 2003, 87 empresas premiadas participaram deste programa e se tornaram parte de uma rede crescente de alunos que buscam o caminho para criar um mundo mais justo e sustentável.

A primeira pessoa entrevistada foi Nnaemeka Ikegwuonu, que dirige a Smallholder Farm Rural Radio na Nigéria, fornecendo aos fazendeiros pobres em comunidades rurais e isoladas uma rádio rural contendo informações sobre agricultura sustentável e desenvolvimento no idioma local. O melhor de tudo é que eles usam a rádio e a Internet para fornecer a informação e a empresa tem lucro.

Yugandhar Mandavkar da organização indiana Grass Roots Action for Social Participation também foi entrevistado, e falou sobre o projeto vertical de energia eficiente para fogões à lenha que isenta as mulheres indianas da necessidade de juntar grandes quantidades de lenha para cozinhar:

Manoj Sinha também é da Índia, mas assume uma posição diferente em relação a energia de fácil acesso para comunidades rurais. A Husk Power Systems fornece um sistema  de  “pague-por-uso” para as comunidades ao prover energia diretamente das cascas de arroz. De acordo com a GSBI [en], “os sistemas da HPS eliminam mais de 190 toneladas de emissões de CO2 por cada vila anualmente, ao substituir a querosene, diesel e produção de metano por fontes renováveis”. O vídeo se encontra a seguir:

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.