· Janeiro, 2011

Notícias sobre História de Janeiro, 2011

Portugal: Pontos de encontro e reflexão sobre o Egipto

A blogosfera portuguesa reage à onda de revoltas na Tunísia e no Egipto nas últimas semanas, relacionando-a com questões do seu país. Neste artigo selecionamos algumas das reflexões relatadas por cidadãos portugueses sobre o cenário de mudança na sua perspectiva...

Uganda: A homossexualidade não é um conceito europeu

Iêmen: Antes da Tunísia, havia o Sudão

África: Brancos podem ser africanos? Parte 1

CBrancos podem ser africanos? Sentletse Diakanyo, um blogueiro sul-africano, acha que não [en]. Ele diz, "Historicamente, o termo 'africano' nunca teve significado ambíguo. Para os africanos hoje, ainda não há nenhuma ambiguidade. Africanos de todo o continente e os da diáspora entenderam...

Brasil: O brasileiro que inventou o rádio

Cuba: Para onde vamos a partir daqui?

El Salvador: uma década desde o terremoto de 13 de janeiro

Lusofonia: Buala “dá fala” sobre culturas africanas contemporâneas

Propõem “criar novos olhares, despretensiosos e descolonizados” sobre as culturas africanas contemporâneas em língua portuguesa. Em entrevista ao Global Voices, Marta Lança e Francisca Bagulho, falam-nos sobre a produção do Buala: “um portal interdisciplinar de reflexão, crítica e documentação”. “Dá...

Líbano: Onze Membros do Gabinete Renunciam, Derrubando Governo

Mais grandes notícias do mundo árabe esta tarde enquanto o governo do Líbano já teria desmoronado, na sequência da demissão de 11 membros do gabinete. Os membros do gabinete, todos os membros ou aliados do Hezbollah, demitiram-se por argumentos decorrentes...

Haiti: Há um ano… Nós lembramos

Hoje marca um ano desde que o terremoto devastador atingiu o Haiti. Blogueiros haitianos lembram e homenageiam os sobreviventes do desastre, ao mesmo tempo em que reconhecem que ainda há muito trabalho a ser feito.

Cabo Verde: Espírito contestatário das mulheres

Consciência colectiva lusófona e o ciberespaço

Wikileaks, Thaileaks, Indoleaks, Pinoyleaks

Há clones do Wikileaks no Sudeste Asiático: Taileaks da Tailândia, Indoleaks da Indonésia e Filileaks das Filipinas. Esses websites foram implementados/revividos este mês para apoiar o trabalho começado pelo Wikileaks e expor documentos secretos dos governos em seus respectivos países.

Tradições Lusófonas em Malaca

África: História do continente para download