Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Os contextos da crise na Venezuela vistos e explicados com videogames

Captura de tela da página com os jogos feitos sob a hashtag #VzlaCrisisJam

Os protestos na Venezuela não ficaram apenas nas ruas. Uma das muitas experiências singulares que surgiram durante os protestos e confrontos ocorridos entre junho e julho deste ano na Venezuela foi a hashtag #VzlaCrisisJam, em que uma série de programadores e apreciadores da cultura digital se reuniram para desenhar, de modo colaborativo, games com a temática da crise venezuelana. Como resultado da estratégia de colaboração, alguns entusiastas promoveram um “game jam” como apoio aos protestos, no qual, durante certo período de tempo, artistas, desenhistas e programadores profissionais se juntam para criar games sobre um tema específico. O primeiro na Venezuela foi o Game Jam Caracas, realizado em 2009, que totaliza até agora 80 jogos on-line.

Os promotores explicaram a convocação:

Qualquer plataforma é bem-vinda, mas acredito que por questão de divulgação a distribuição deveria ser fácil: jogos de desktop (pode ser Linux, Windows ou Mac), jogos para navegador que usem html5. Jogos para dispositivos móveis de preferência se já tiverem facilidades para publicá-lo em uma store.

Entre as criações da #VzlaCrisisJam, que podem ser visitadas aqui, está “Rostros del Guaire” (o principal rio que corre no meio da cidade de Caracas), cujo cenário é o protesto de 19 de abril na rodovia Francisco Fajardo às margens do rio; “Economia de una arepa”, o prato típico da Venezuela, onde se pode gerenciar uma arepera; “Vzla2017”, que recria os protestos ocorridos durante esse período; “Feria”, onde um militar distribui produtos básicos ou “Realidade revelada”, outra vez tendo como cenário os protestos e confrontos com a repressão.

No total, quinze propostas, das quais seis podem ser jogadas no navegador e nove podem ser baixadas e jogadas em Windows. Segundo um dos promotores do projeto:

Neste momento estamos focados em divulgar os games e obter colaborações. Em função dos comentários e dos feedbacks que obtivermos da comunidade decidiremos se vamos repetir a experiência. Convido todas as pessoas a experimentarem pelo menos um desses jogos, o que mais chame sua atenção e depois compartilhe sua opinião na mesma página 

Este post foi publicado originalmente no blog de Rafael Uzcátegui e foi reeditado por Global Voices com sua autorização.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.