Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Mexicanos exigem regresso em segurança dos estudantes desaparecidos

15,000 march against disappearance of Ayotzinapa students, October 8, 2014, by Enrique Perez Huerta, Mexico City, Demotix.

15.000 pessoas marcharam contra o desaparecimento dos estudantes de Ayotzinapa, 8 de Outubro de 2014, por Enrique Perez Huerta, Cidade do México, Demotix.

Este artigo contém links que levam a outras páginas, inclusive noutros idiomas, caso queira aprofundar o assunto

Milhares de pessoas protestaram na Cidade do México contra o desaparecimento dos estudantes de Ayotzinapa, do estado costeiro de Guerrero, na quarta-feira, dia 8 de Outubro.

As famílias das vítimas, sentiram uma nova angústia esta semana quando as autoridades descobriram 28 corpos (ainda não identificados) em valas comuns secretas na zona sudeste de Guerrero. Infelizmente, este tipo de notícia não é novidade no México, especialmente depois dos dois massacres de San Fernando.

Os manifestantes exigem que os estudantes que ainda estejam vivos sejam devolvidos às suas casas. Aqueles que não sobreviveram, devem também ser encontrados, dizem os manifestantes. Enquanto pessoas por todo o país iam para as ruas,  os internautas mexicanos discutiam a campanha no Twitter.

A internauta Tania colocou a seguinte imagem do local onde se iniciou o protesto:

Em Angel, sente-se a fraternidade e a indignação. [Nota: ‘Angel’ – Anjo da Independência- é uma referência importante na Cidade do México e tornou-se um ponto focal tanto para celebrações como demonstrações.]

TuiteraMx (um internauta com mais de 13.600 seguidores) declarou:

A dor pelo desaparecimento dos estudantes é imensurável.

O internauta Pau partilhou estas imagens que mostram os protestos em várias cidades:

Protestos na Alemanha, Noruega, Argentina e na Bolívia. 

Mauricio Torres descreveu a cena a partir do local do protesto:

Os pais marcham à frente, carregando uma faixa com os rostos dos 43 jovens desaparecidos. 

Jordy M.Y. estava particularmente impressionado com a dimensão da demonstração:

O protesto por Ayotzinapa é verdadeiramente grande e impressionante. Continuam a chegar mais grupos a Reforma [uma das avenidas principais na Cidade do México].

Houve também quem, a partir de Buenos Aires, Argentina, mostrasse o seu apoio ao protesto:

solidariedade na embaixada mexicana em Buenos Aires, Argentina.

Dr. John M. Ackerman descreveu o movimento popular que surgiu desde que os estudantes desapareceram, como:

Thousands of people have taken to the streets to demand justice for the dead as well as an increased role for society in politics and education.

Milhares de pessoas foram para as ruas para exigir justiça pelos mortos e também por um papel acrescido da sociedade na política e na educação. 

Para mais detalhes sobre o protesto de 8 de Outubro e últimos desenvolvimentos desta notícia, siga as hashtags: #Ayotzinapa, #AyotzinapaSomosTodos#JusticiaParaAyotzinapa e #JusticeForAyotzinapa.

Tradução editada por Lú Sampaio como parte do projecto Global Voices Lingua