Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Candidato à Presidência do Brasil, Eduardo Campos morre em um acidente de avião

Official campaign banner for the presidential election.

Banner postado na página no Facebook do PSB de Franca, São Paulo.

Eduardo Campos, 49, faleceu hoje, às 10h15 da manhã, em um acidente de avião na cidade de Santos, São Paulo. O antigo governador do estado do Pernambuco era candidato à Presidência nas eleições que ocorrerão em outubro.

O avião privado caiu enquanto se preparava para aterrizar em meio a condições de tempo ruim, matando Campos e outras seis pessoas, entre tripulação de bordo e passageiros.

Campos estava em terceiro lugar nas pesquisas de opinião, como candidato pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). Ele morreu no mesmo dia, 13 de agosto, que o seu avô, o socialista Miguel Arraes, uma das figuras mais proeminentes da política brasileira no século XX.

Ele deixa esposa, quatro filhos e uma filha.

A morte de Campos foi um choque para muitos no Brasil, país que foi sacudido por uma onda de protestos ao longo do ano passado. Muitos usuários do Twitter reagiram ao ocorrido e ofereceram seus pêsames: