Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Amnistia Internacional: ‘Espiral de violência é uma ameaça ao Estado de Direito na Venezuela’

A Amnistia Internacional emitiu um relatório em que documenta “alegadas violações de direitos humanos e abusos cometidos no contexto das maciças manifestações públicas ocorridas desde o início de Fevereiro.”

De acordo com Erika Guevara Rosas, Directora da Amnistia Internacional EUA:

“O país corre o risco de cair numa espiral de violência, a menos que se tomem medidas para se chegar a consenso entre as partes em conflito. Isto apenas pode acontecer se ambas as partes respeitarem integralmente os direitos humanos e o Estado de Direito. Caso isto não aconteça, o número de mortos continuará a aumentar e as pessoas comuns continuarão a suportar este peso”.

Segundo o relatório, 37 pessoas morreram e mais de 550 ficaram feridas:

De acordo com os números divulgados, a 27 de Março, pelo gabinete do Procurador-Geral, 2,157 pessoas foram detidas durante os protestos. A grande maioria foi libertada, continuando contudo a enfrentar acusações.

Pode ler o relatório completo em espanhol no site da Amnistia Internacional.