Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Julian Assange, Calle 13 e usuários do Twitter escrevem canção em parceria

Todos os links levam a páginas em espanhol, exceto quando indicada outra língua.

O Twitter virou ponto de um encontro que pouca gente esperaria: Réné Pérez, conhecido como “Residente”, integrante do grupo Calle 13 – banda que resiste a qualquer tipo de classificação -, e Julian Assange, o fundador do site WikiLeaks, reuniram ideias e sugestões de usuários do Twitter para escrever uma canção, que será incluída no próximo álbum do Calle 13.

A música trata da manipulação da mídia. A ideia, de reunir sugestões dos próprios usuários da rede social, é explicada pelo próprio Réné Pérez, em um de seus tweets:

‏@Calle13Oficial: Estamos escribiendo todas sus ideas para luego nosotros manipularlas al igual que los medios nos hacen a nosotros #JulianAssangeCalle13

‏@Calle13Oficial: Estamos escrevendo todas suas ideias, para que logo possamos manipulá-las, igual ao que os meios fazem conosco #JulianAssangeCalle13

ulian Assange and Calle 13 at the Embassy of Ecuador in London, where Assange is currently staying after asking the Ecuadorian government for asylum. Photo taken from Calle 13's official Twitter account <a href="http://twitpic.com/cx0axs" target="_blank">@Calle13Oficial</a>.

Julian Assange e Calle 13 na Embaixada do Equador, em Londres, onde Assange reside desde que recebeu asilo político do governo equatoriano. Foto: @Calle13Oficial (Twitter)

 

Assange e Pérez criaram a hashtag #JulianAssangeCalle13, que em poucos minutos já entrou nos trending topics mundiais. Péréz enviou uma série de perguntas, para provocar reações nos seguidores que estavam twitando. Não é de se estranhar que, nos dias que seguiram ao escândalo das informações reveladas por Edward Snowden [en], sobre o grande esquema de vigilância secreta do governo dos Estados Unidos, algumas das respostas estivessem carregadas de sarcasmo, algumas profundas, outras com raiva, mas todas demonstrando a incrível diversidade dos seres humanos. Algumas delas foram simplesmente geniais. Das milhares de respostas enviadas, apenas uma pequena parcela é apresentada aqui:

@Calle13Oficial: ¿Por qué no confían en los servicios de seguridad? #JulianAssangeCalle13

@Calle13Oficial: Por que vocês não confiam nos serviços de segurança? #JulianAssangeCalle13

@FabrielGara#JulianAssangeCalle13 ¿Cómo confiaría en alguien cuyo trabajo es estar dispuesto a matarme?

@FabrielGara#JulianAssangeCalle13 Como confiaria em alguém cujo trabalho é estar disposto a me matar?

@AngelCouvertier: La seguridad nacional nace y se mantiene con la sangre de los inocentes #JulianAssangeCalle13

@AngelCouvertier: A segurança nacional nasce e se mantém com o sangue dos inocentes #JulianAssangeCalle13

@Ismael03@Calle13Oficial porque sin saberlo se convierten en mercenarios del poder. Proteger al millonario y Servir al malhechor #JulianAssangeCalle13

@Ismael03@Calle13Oficial porque, sem saber, se convertem em mercenários do poder. Proteger o milionário e servir ao criminoso #JulianAssangeCalle13

‏@ramaotatengue: Porque si de algo estamos seguros, es que no existe seguridad #JulianAssangeCalle13

‏@ramaotatengue: Porque se estamos seguros de algo, é de que não existe segurança #JulianAssangeCalle13

@boricua_x100pre@Calle13Oficial Vivimos en un sistema privado, privado de libertad, privado de privacidad, privado de semillas terrenos #JulianAssangeCalle13

@boricua_x100pre@Calle13Oficial Vivemos em um sistema privado, privado de liberdade, privado de privacidade, privado de semear terras  #JulianAssangeCalle13

‏@CroniQiando@Calle13Oficial la seguridad no nos asegura bienestar. #JulianAssangeCalle13

‏@CroniQiando@Calle13Oficial segurança não garante nosso bem-estar.  #JulianAssangeCalle13

@KELVINTIU1: La seguridad es para pinguinos de traje corbata, en el barrio nos cuidamos todos hasta d la seguridad de los pinguinos #julianassangecalle13

@KELVINTIU1: A segurança é para pinguins, de terno e gravata, no bairro todos tomamos conta uns dos outros, até da segurança dos pinguins #julianassangecalle13

‏@peyeoropeza: Cuando nos atacan le llaman libertad,cuando nos defendemos le llaman represion.#JulianAssangeCalle13, @Calle13Oficial

‏@peyeoropeza: Quando nos atacam, eles chamam de liberdade, quando nos defendemos, eles chamam de repressão. #JulianAssangeCalle13, @Calle13Oficial

 

@Calle13Oficial: ¿Por que no confían en la justicia? #JulianAssangeCalle13

@Calle13Oficial: Por que não confiam na justiça? #JulianAssangeCalle13

@BosqueDavid@Calle13Oficial#JulianAssangeCalle13 La justicia se ha convertido en un exclusivo bien de mercado, solo la reciben quienes la pueden pagar

@BosqueDavid@Calle13Oficial#JulianAssangeCalle13 A Justiça virou um bem de mercado exclusivo, só a recebe quem pode pagar por ela

@polilo_6@Calle13Oficial la justicia tiene diferencias sociales hay una justicia para los ricos y otra para los pobres #JulianAssangeCalle13

@polilo_6@Calle13Oficial a justiça tem diferenças sociais, há uma justiça para os ricos e outra para os pobres #JulianAssangeCalle13

@NOMASIVA1: Soy nobel de la paz pero odio al whistleblower Si desnudas mis mentiras despídete de tu vida pues te encierro o te mato #JulianAssangeCalle13

@NOMASIVA1: Sou um ganhador do Nobel da Paz, mas odeio o whistleblower Se você me despir das minhas mentiras, se despeça de sua vida, porque vou te prender ou te matar  #JulianAssangeCalle13

@lucych7#JulianAssangeCalle13 La justicia hoy en día no es + q una utopía, se vende en 1 esquina d cualquier ciudad, la goza quien la puede pagar

@lucych7#JulianAssangeCalle13 A justiça hoje em dia não é + que uma utopia, se vende em 1 esquina de qualquer cidade, goza dela quem pode pagar por ela

‏@riveraalvarenga: La justicia es como la serpiente, sólo muerde el pie del descalzo. #JulianAssangeCalle13@Calle13Oficial

‏@riveraalvarenga: A justiça é como uma serpente, só morde o pé de quem está descalço. #JulianAssangeCalle13@Calle13Oficial

Você pode acompanhar no Storify [es] um histórico do evento criado no Twitter por Julian Assange, Réné Pérez e milhares de usuários que participaram da proposta.

Tradução editada por Débora Medeiros como parte do projeto Global Voices Lingua