Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Projetos independentes de ecologia solidária florescem em Porto Rico

[Todos os links neste artigo levam a páginas em espanhol, exceto quando indicado de outra forma]

 

A ecologia solidária se fortalece a cada dia em Porto Rio, graças as pessoas que trabalham duro para desenvolver projetos independentes. Aqui estão alguns exemplos que confirmam, mais uma vez, que preservar a natureza, cultivar produtos livres de tóxicos e pleitear por sustentabilidade não são sonhos impossíveis.

Organización Boricuá de Agricultura Eco-orgánica [Organização Porto-riquenha de Agricultura Eco-Orgânica] reúne um grupo diverso de agricultores e pessoas interessadas em aprender como cultivar produtos de uma forma sustentável. Eles organizam esquadrões da ação, trocas de sementes, e recentemente estabeleceram a primeira certificação porto-riquenha para as culturas ecológicas. Em sua página na internet distribuem gratuitamente livros e vídeos (entrevistas) que documentam o verdadeiro trabalho dos agricultores locais. Aqui está um vídeo postado por bartus allen no qual você pode ouvir Edgargo Alvarado, um membro fundador da organização.

Desde mi huerto [Do meu pomar] é uma boa iniciativa familiar! Dois eco-agricultores, Raúl e Ivone, se dedicam a ensinar as pessoas maneiras efetivas de criar pomares orgânicos caseiros. Da fazenda onde eles vivem, localizada próximo do Bosque Carite, eles plantam “todos os tipos de hortaliças, plantas medicinais, aromáticas e frutíferas para uso próprio, venda e consumo”.

Na página deles na Internet você pode encontrar informação útil sobre sementes orgânicas, cuidados com o pomar e até mesmo listas de terrenos para venda.

Logo Coop Madre Tierra

Cooperativa Orgánica Madre Tierra [Mãe Terra Cooperativa Orgânica] organiza mercados a céu aberto aos primeiros e terceiros domingos de cada mês na rua Roosevelt de Hato Rey, Porto Rico. Estes mercados reúnem agricultores, padeiros, massagistas, educadores e amantes de alimentos orgânicos e naturais, entre outros, para compartilhar seus conhecimentos e recursos. O pesquisador Carmelo Ruiz diz que esta instituição, criada por uma equipe de voluntários, é uma das mais sólidas do movimento.

Além de publicar livros e artigos sobre segurança alimentar no Caribe e na América Latina, desde 2004 Carmelo Ruiz mantém um blog chamado Proyecto Bioseguridad de Puerto Rico [Projeto de Biodiversidade em Porto Rico] [en/es], onde ele compilou informações sobre o impacto agrícola dos alimentos geneticamente modificados. Ele também anuncia uma notícia animadora sobre a aprovação de leis que exigem a rotulagem desses tipos de produtos [en/es], e os sucessos de organizações que trabalham com maior acesso a alimentos saudáveis.

La Chiwihna é a primeira loja de comércio justo, localizado em Río Piedras, Porto Rico. O casal fundador, Joel e Karla, diz que é difícil colocar em palavras tudo o que o seu espaço de encontro tem a oferecer. Para aqueles que estão considerando visitar este oásis urbano, nós avisamos de antemão que eles oferecem deliciosos produtos locais e internacionais orgânicos, almoços preparados por chefs que contribuíram, e que eles organizam um número infindável de atividades culturais.

DSC_0043 copy

Foto por Josué Guarionex

Chef Verónica Rodríguez Ojeda compartiha a paixão dela por comida, arte e ativismo através de aulas particulares e em grupo, workshops comunitários e artigos. A graduação do Instituto Gourmet Natural para a Saúde e Artes Culinárias co-fundou ASIQUESI, um pequeno restaurante natural e Slow Food Calalú, em Porto Rico. Sua experiência como sous chef no Instituto Omega, onde descobriu “o maior, o melhor da cozinha vegetariana nos Estados Unidos”, era uma parte formativa do seu caminho. Agora, de volta na ilha, mais uma vez, ela traz novas e excitantes idéias.

El Departamento de la Comida [O Departamento da Comida] é um eco-negócio comprometido com a distribuição de alimentos cultivados organicamente a partir de sementes artesanais. Ele também oferece serviços para mercados, festas e manifestações como a Marcha Global Contra a Monsanto, que ocorreu no dia 25 de maio. Para saber mais sobre a história extraordinária de Tara Rodríguez Besosa, que criou este projeto, juntamente com Olga Casellas, assista TEDx San Juan [en]: “A comida é minha rede social”.

Centro para la Recuperación de Artículos para su Uso, Reuso y Reciclaje (ReusArte) [Centro para Recuperação de Objetos para Uso, Reuso e Reciclagem] é um projeto dirigido por Wanda I. Rodríguez de suporte ao desenvolvimento sustentável. Quase todo final de semana, Wanda abre as portas da casa dela para organizar bazares, palestras e workshops. E pessoas de todas as partes da ilha vêm descobrir diferentes maneiras pelas quais roupas, plásticos e outros objetos valiosos podem ser reutilizados ou transformados. Este espaço comunitário, com vista para as montanhas Guayama, nutre a vitalidade dos artesãos, historiadores, poetas e amigos que vêm para compartilhar suas paixões.

Foto publicada en la página de Facebook.

Foto publicada na página de Facebook

La Casa-Tienda Tierra de la Luna [A Loja-Casa Terra da Lua] foca na cura e na paz, priorizaando os produtos feitos por artesãos locais e internacionais “que compartilham de sua cultura, tradição, amor e respeito por nossa Mãe Terra”. Eles também usam o estabelecimento, em Caguas, para organizar seminários sobre ecologia, espiritualidade e saúde. Na atividade mais recente, os participantes discutiram o simbolismo da tecelagem, sabedoria feminina e o ciclo menstrual.

Nos seu workshops e livros, a pesquisadora etnobotânica e educadora Maria Benedetti compartilha seu vasto conhecimento em plantas medicinais e na tradição curativa porto-riquenha. ¡Hasta los baños te curan! [Até os banhos te curam!], Sembrando y sanando en Puerto Rico: Tradiciones y visiones para un futuro verde [Semeando e curando em Porto Rico: Tradições e visões para um futuro verde] Bendiciones botánicas para Boriquén [Bençãos botânicas para Boriquén] são algumas das publicações dela. Clique aqui para ouvir uma entrevista concedida por ela ao programa “Piedra, Papel y Tijera” [Pedra, Papel e Tesoura] transmitido pela estação de rádio da Universidade de Porto Rico.

E finalmente, Mi Puerto Rico Verde [Meu Porto Rico Verde], editado por José E. Maldonado, “promove o conhecimento e a participação da comunidade por meio de ferramentas interativas de mídia social”. Este é um excelente local para manter-se atualizado com as contribuições destas e de outras iniciativas importantes da ilha.

Tradução editada por Débora Medeiros como parte do projeto Global Voices Lingua