Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Chile: Funcionários da Starbucks fazem greve de fome

No Chile, uma xícara de café na Starbucks custa mais do que o salário de uma hora de trabalho dos baristas. É o que dizem três sindicalistas [es] que entrarem em greve de fome no cartaz escrito a mão mostrado nesse vídeo [es]. Eles exigem que a Starbucks cumpra apenas 4 das 25 exigências originais [es]: reajustar dos salários congelados há 7 anos apesar da inflação, oferecer vale-refeição, e prover uniformes aos funcionários, além de ajudar a custear o transporte para aqueles que moram longe do local de trabalho.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.