Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Tunísia: Protestos ecoam por todo o mundo

As manifestações de tunisianos, que protestam contra a corrupção e a falta de emprego há duas semanas, estão ganhando espaço na Internet. Internautas de todo o mundo estão se unindo para apoiar os manifestantes e dar eco à sua causa.

Tudo começou quando um homem atirou-se ao fogo [En – para todos os links do texto, com exceção para outras indicações de idioma] em protesto contra seu próprio desemprego, na cidade de Sidi Bouzid. De acordo com o jornal Los Angeles Times:

The death triggered violent clashes between young demonstrators and police forces that resulted in the death of an 18-year-old after National Guard members opened fire on angry protesters in a nearby town two days later.

Further marches and protests later spread to the capital and the cities of Sfax, Sousse and Meknassi.

Essa morte foi o estopim para violentos confrontos entre manifestantes e forças policiais, que resultaram na morte de um jovem de 18 anos quando membros da Guarda Nacional abriram fogo contra uma multidão furiosa em uma cidade próxima dois dias depois.

Outras marchas e protestos aconteceram mais tarde na capital e nas cidades de Sfax, Sousse e Meknassi.

Da Índia, Anja Kovacs vai direto ao ponto. Ela escreve no Twitter:

Tunisia's seen a genuine revolt over last few weeks, but outside of Middle East, it's hardly reported. Why? http://bit.ly/he2Let

A Tunísia viu uma revolta genuína nas últimas semanas, mas quase não há cobertura do fato fora do Oriente Médio. Por quê? [En]

Ela acrescenta:

To know more abt what is happening in #Tunisia & get continuous updates, good people to follow are @, @, @

Para saber mais sobre o que está acontecendo na e obter atualizações constantes, boas pessoas para seguir são @, @, @

O egípcio Wael Nofal coloca uma questão semelhante neste tweet:

@stephenfry Are you following what's going on in #SidiBouZid #Tunisia ؟It's odd why western media turned face away, unlike #Iran last year

@ Você está acompanhando os acontecimentos em ? É estranho que a mídia ocidental esteja virando o rosto para o assunto, diferente do que aconteceu com o no ano passado

E DanersB, que divide seu tempo entre Beirut, Dubai e Montreal, comenta:

Ever the optimist! @dr_davidson: Heavyhandedness from #Tunisia ‘s despot, #BenAli, may well set the tone for the #Arab world's next decade

Sempre o otimista! @: A opressão do déspota da , , bem poderia definir o tom para a próxima década do mundo

Dos Estados Unidos, HarvardDr traz ainda outra menção do Irã – desta vez numa referência ao fim da era do Xá. Ele escreve [Ar]:

مثل شاه ايران اسياده تخلوا عنه: فرنسا تقول: بن على فقد الاتصال بالواقع! تونس حرة السراق برة تونس حرة ليلي برة
Como aconteceu com o Xá do Irão, de quem os poderosos se livraram, a França diz: Ben Ali perdeu o contato com a realidade! A Tunísia é livre! O usurpador precisa partir! A Tunísia é livre! Layla (em referência à esposa de Ben Ali) deveria partir!

De Washington DC, Priyanka Joseph está atônita com o muro de silêncio. Ela escreve:

Someone's channeling Kundera. Shit's going down in #Tunisia, not a word of it on the news here (no surprise) nor on TTrends/my timeline.

Está baixando um Kundera [pt]. Está dando merda na , e nem uma palavra a respeito no noticiário aqui (nenhuma surpresa) nem nos  TTrends/minha timeline.

Anne Eksten, da Dinamarca, afirma:

Government #Tunisia respond to peaceful protest by Live Ammunition, Security Siege, Violence http://goo.gl/rnL0p /@Elicoopter_mid @RamyRaoof

O governo da responde a protestos pacíficos com Fogo Vivo, Corte de Segurança e Violência
/@ @

E da Holanda, Mark adiciona:

“We are unhappy with the policies in Tunisia, we are unhappy with everything – it is not just unemployment.” #tunisia

“Nós estamos infelizes com as política na Tunísia, nós estamos infelizes com tudo – não se trata apenas de desemprego.”

A escritora egípcia Mona Eltahawy convoca seus colegas nos meios de comunicação a tomar partido:

Friends, esp those with media connections, please tweet and RT #Tunisia and #SidiBouzid. Let's stand with Tunisians fighting oppression.

Amigos, especialmente aqueles que possuem vínculos com os meios de comunicação, por favor twittem e dêem RT e . Vamos apoiar os tunisianos na luta contra a opressão.

E Hisham Kassem, também do Egito, está perplexo [Ar]:

رئيس إسرائيل السابق ادين منذ قليل بتهمة التحرش بموظفه في مكتبه وزين العابدين بيتحرش بتونس كلها وماحدش قادر يحاسبه
Há alguns momentos, o ex-Presidente Israelense foi acusado de assédio por uma funcionária do seu escritório e Zainalabdeen tem abusado de toda a Tunísia e ninguém pode colocar nele qualquer responsabilidade

Enquanto isso, Portnoy, de Taiwan, imagina:

What's happening in Tunisia? #tunisia

O que está acontecendo na Tunísia? 

Para mais tweets sobre a Tunísia, confira as hashtags #Tunisia e #sidibouzid

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.