Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Video: Rede Infantil de Notícias chega na web

Image from Freevoice.nlEm muitos lares, crianças não são permitidas de assistir noticiário porque seus pais acreditam que os canais de TV talvez sejam traumáticos ou violentos demais para elas. Então como uma criança pode descobrir assuntos e acontecimentos nacionais ou internacionais? Na Birmânia, Zâmbia, Suriname, Africa do Sul, Peru, Indonésia, Caribe Holandês e Moçambique, crianças agora têm a oportunidade de assistir noticiário de TV criados especificamente para elas, também dando espaço para expressar suas opiniões e descobrir sobre acontecimentos recentes.

Os programas de notícias são coordenados e apoiados pela Freevoice, da Holanda, durante seus dois primeiros anos. São exibidos em rede nacional em seus países e, além disso, muitos dos projetos também estão se transferindo para a internet como uma forma de ter um melhor retorno das crianças e as incluindo mais no processo de sugestão de tópicos e abordagem das notícias.

No Peru, temos a NAPATV, em que a sigla NAPA foi criada a partir de uma frase que em espanhol significa “não apto para adultos”. Através do site, jovens podem assistir diferentes vídeos, comentar, deixar mensagens nos murais e participar de votações online. Eles também possuem uma página no Facebook, twitter e contas no YouTube. Neste programa diário de 30 minutos, as crianças fazem perguntas ao presidente, contam ao mundo o que gostariam de ser quando crescerem, discutem acontecimentos da atualidade, e também falam na frente das câmeras o que não gostam. Por exemplo: [es]: Kevin, 15 anos, diz à NAPA que não gosta quando os seguranças da sua rua dizem que ele e seus amigos não podem usar skates porque danifica o asfalto e as plantas.

A seguir temos  uma pequena compilação de notícias em que assuntos como: licenças para ônibus da escola e transporte; companhias de mineração e meio-ambiente; alunos com alto nível de chumbo no sangue, são debatidos [es].

Na Caribbean Kids Network [Rede Infantil Caribenha] também publica vídeos em seu site e as notícias tem legendas em inglês e papiamento. Existem 5 jornalistas responsáveis por ilhas diferentes e eles produzem juntos um programa semanal. Em seguida temos o último episódio [pap], em que eles acompanham um protesto contra a construção de um hotel em Aruba; falam sobre mercadorias falsificadas, porque são ilegais e como reconhecê-las, e também outros assuntos como energia sustentável e música.

Em Myanmar (Birmânia), a situação é um pouco diferente. O YouthVoices dá às crianças a chance de receber noticias relevantes, como explica o próprio freevoice:

Press freedom does not exist in Burma; the military regime detains critics on a regular basis and the state television only provides positive news of the generals. To produce an uncensored kids news with real news, the DVB team works from Thailand and receives its images from Burma through a secret network of camjo's (camera journalists). For the safety and protection of the journalists and the children being interviewed, the children wear (animal)masks in front of the camera, so they cannot be recognized, subsequently, they can give their real and honest opinions

“Não existe liberdade de imprensa na Birmânia, o regime militar detêm constantemente as críticas e a televisão estatal em geral somente dá notícias positivas. Para produzir um noticiário infantil sem censura com notícias reais, o time da DVB trabalha da Tailândia e recebe as imagens da Birmânia através de uma rede secreta do Camjo (foto-jornalista). Para a proteção e segurança dos jornalistas e o bem-estar das crianças entrevistadas, elas usam máscaras (de animais) na frente da câmera para que não sejam reconhecidas e, consequentemente, poderem dar um depoimento real e honesto.”

Na amostra de noticiário feita pelo YouthVoices você poderá ver o uso das máscaras. Mas na última [mya], as máscaras não estavam mais sendo usadas, mas alguns dos entrevistados tiveram seus rostos digitalmente borrados no video.

Leia mais sobre A Rede de Notícias Infantil [Kids News Network] e seus projetos em outros países no site Freevoice.nl.

1 comentário

  • […] Video: Rede Infantil de Notícias chega na web – Na Birmânia, Zâmbia, Suriname, Africa do Sul, Peru, Indonésia, Caribe Holandês e Moçambique, crianças agora têm a oportunidade de assistir noticiário de TV criados especificamente para elas, também dando espaço para expressar suas opiniões e descobrir sobre acontecimentos recentes […]

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.