Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

É Ano Novo Lunar, e os jovens chineses estão cansados disso

Photo: Pixabay

O Ano Novo Lunar chinês é a temporada mais importante da China para reuniões familiares e é convencional para as pessoas voltarem para casa para visitar seus pais e parentes em aldeias rurais, onde o ar está repleto de saudações e vibrações, bem como do cheiro dos fogos de artifício e dos alimentos festivos.

Todos os anos, o festival gera a maior migração humana do mundo, com mais de 410 milhões de chineses pegando as estradas desde as grandes cidades até as suas cidades de origem para a reunião familiar. Este ano, a véspera do Ano Novo foi em 26 de janeiro, e a migração anual começou uma semana antes. O usuário do Twitter @Love_Stony compartilhou algumas imagens editadas sobre a missão impossível da viagem para casa para o Ano Novo Lunar.

Rico ou pobre, volte para casa para o Ano Novo Lunar

No entanto, a tendência da deslocação mudou ligeiramente nos últimos anos, já que mais e mais pessoas decidem viajar para o exterior durante o feriado, com o intuito de evitar ver os parentes. Entre a geração mais jovem, em particular, muitos acham irritante as saudações do Ano Novo e as conversas entre os membros da família sobre casamento deles e seus status de renda.

O comentário de um usuário do Weibo, Seaya, é bastante típico entre os jovens na China:

说句实话,我真的非常非常讨厌过年…从小就讨厌…被打乱的生活、必须去面对的人际、还要因为去谁家过三十儿而吵架……用血缘为纽带,强行绑架我们,排除异己。365天哪天不能团?就今天风水好吗?我觉得zf号召我们:有钱没钱,回家过年!就是想趁此捞一笔……

Honestamente, eu odeio celebrar o Ano Novo Lunar, desde que eu era muito jovem. [O festival] interrompe nossa vida diária e nos obriga a socializar e discutir sobre onde a família deve passar a véspera de Ano Novo [as famílias discutem freqüentemente sobre passar com os avós do pai ou da mãe]. …… nós somos como capturados por laços de sangue e excluímos os outros. Poderíamos nos reunir com a família a qualquer momento, durante todo o ano. Por que precisamos ficar juntos no Ano Novo? Acho que o governo pedindo que as pessoas voltem a celebrar o Ano Novo é uma tática para [impulsionar a economia].

Enquanto alguns acham que a atmosfera festiva está desaparecendo, graças à rápida urbanização da China, que transformou muitas aldeias em grandes distritos residenciais com arranha-céus, trazendo uma severa poluição no ar, outros insistem que a tradição ainda é um grande incômodo.

O usuário do Weibo, “Nuvem Clara e Vento”, está entre aqueles que não gostam da tradição:

要过年了,我好难过,讨厌过年,从小就讨厌,从记事起父亲就告诉我们,大年三十不能摔破碗碟,不吉利,于是本来一顿丰盛的年夜饭,变得个个紧张兮兮地根本吃不下,讨厌初一早上起床那几句生硬的拜年词,讨厌过年处处的鞭炮声,讨厌过年空气夹杂着的酒肉味,讨厌听到那刺耳的麻将声,讨厌过年!特别讨厌

O Ano Novo está se aproximando e eu me sinto mal. Eu sempre odiei o Ano Novo Lunar desde a infância. Ainda me lembro do pai nos dizendo para evitar de quebrar tigelas e pratos na véspera de Ano Novo, porque iria trazer má sorte. Nós sentíamos tão nervosos na hora do jantar que nem podia desfrutar da comida. Eu odeio os rituais de saudações no início da manhã durante o Ano Novo. Eu odeio o som de foguetes e mahjong e o cheiro dos banquetes. Eu odeio o Ano Novo! Sem brincadeiras.

Em vez de voltar para casa, mais e mais estão viajando para o exterior durante o feriado.

Este ano, um recorde de 6 milhões de chineses – a maioria deles dispõem de recursos financeiros – disseram que planejam passar o feriado do Ano Novo chinês no exterior.

Tailândia, Japão e Estados Unidos são os destinos mais populares, com a Coréia do Sul caindo para o sétimo lugar, depois de estar em terceiro lugar no ano passado, de acordo com o relatório da Ctrip, a maior agência online de viagens da China.

Algumas dessas preferências de viagem são influenciadas por políticas governamentais.

Por exemplo, a Coreia do Sul tornou-se menos popular para os turistas chineses depois que o governo chinês instruiu as agências de viagens a reduzir o processamento de vistos para a Coreia do Sul, como uma retaliação ao acordo do governo sul-coreano com os exército dos E.U.A. na implantação do sistema de Defesa Terminal Aérea de Alta Altitude (THAAD na sigla em inglês)

Taiwan também desapareceu como uma das principais escolhas da China, já que a situação no Estreito de Taiwan está mais intensa.

Apenas alguns dias atrás, a Administração Nacional de Turismo da China pediu aos viajantes chineses para que boicotassem contra o grupo de hotéis japonêses APA, depois que alguns turistas chineses alegaram ter encontrado alguns livros que negavam o massacre de Nanjing nas estantes de seus quartos no hotel.

No entanto, a relação volátil entre a China e o Japão não diminuiu o entusiasmo chinês de voar para o Japão, devido em grande parte pelas belas paisagens do país, instalações modernas, produtos requintados e serviços premium.

O usuário do Weibo “Tigre do Kung Fu” zombou da falha do estado em promover o nacionalismo anti-Japonês:

日本还是天朝出国的第二名,本质上应该第一的,因为泰国免签证,才成为第一的,天朝人口头上抵制日本,行动上喜欢去日本旅游购物[…]

O Japão teria sido o destino de viagem preferido dos chineses, se a Tailândia não tivesse permitido o acesso sem visto  ao seu país. Os chineses se opõem ao Japão quando falam, mas gostam de ir lá para passear e fazer compras …

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.