Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Conheça a história de Kerry Galhos, a próxima “Serena Williams timorense” do ténis mundial

Kerry-Galhos-tenistadeTimorLeste

Kerry Galhos, beneficia de uma bolsa para estudar e treinar numa Universidade do Texas, EUA. Foto: Media Connections, utilizada com permissão.

Kerry Galhos é uma jovem tenista de Timor-Leste que foi recentemente “enviada” para os Estados Unidos da América afim de estudar e dar continuidade a uma já promissora carreira como tenista profissional.

Com o apoio da família, Kerry partiu em 2009 de Timor-Leste para a Austrália afim de estudar. Em Brisbane, foi acolhida pela família Rapkins que dirige um centro de ténis e sempre a incentivou a não desistir do seu sonho como tenista profissional. Mais tarde, Kerry ingressou na comunidade Study & Play, ainda na Austrália. Em 2013, foi referenciada pelo fundador da comunidade, o americano Chris Bates, a ser transferida para os Estados Unidos por a considerar detentora de uma “técnica brilhante” quando joga ténis. Atualmente, Kerry faz parte da “família UTSA” – Universidade do Texas em Santo António.

Foi a família Rapkins de Beenleigh, em Brisbane, quem apresentou Kerry a Chris Bates, fundador da Study & Play dos Estados Unidos da América que, por sua vez, decidiu apostar nesta jovem e leva-la para os EUA. “Não existem palavras para descrever o que sinto neste momento, quero apenas agradecer á família Rapkins que me ajudou bastante a realizar o meu sonho”, declarou Kerry em entrevista ao blogue Kiakilir.

Para Timor-Leste, esta é uma noticia muito bem recebida pois desperta a atenção da comunidade timorense servindo como exemplo para as gerações mais novas, dentro e fora do país. O blogue Kiakilir traduziu a história de Kerry para Tétum, a língua oficial de Timor-Leste, fazendo assim chegar este exemplo à comunidade timorense. Armando Gama comenta:

Istoria furak tebes,,,bele motiva foinsae sira hodi atinji ita nia mehi.

História muito bonita, pode motivar os jovens a realizar os seus sonhos.

A história de Kerry merece destaque pois relata uma jovem que vem de um país pequeno que, não há muito tempo, se desamarrou de um país de grande dimensão como a Indonésia tornando-se independente, depois de 25 anos de ocupação e mais de 400 anos de domínio colonial português.

Felicidade Neto, também de Timor-Leste, comenta:

Obrigada wain hatutan historia kmanek ida nee.
Fiar katak ho ninia couragem e boa vontade bele halo mehi furak liu tan iha nia talento professional
Muito parabens ba Kerry e ida nee sai motivasaun diak foinsae sira iha ita nia nia rai doben.

Muito obrigada por fazer chegar esta boa noticia. Acredito que com a sua coragem e boa vontade o seu sonho tornar-se-á mais belo (no seu talento profissional.) Muitos Parabéns Kerry, isso será uma motivação para os jovens no nosso amado País”

Uma história repleta de esforço, sacrifício e generosidade

A minha família sempre me apoiou desde o inicio, sacrificaram-se bastante para poder vir para fora, é também por causa deles que estou cá. (Kerry Galhos)

Kerry Galhos, nasceu em Díli, Bidau Santa-Ana, no dia 9 de Agosto de 1995. Vem de uma família com 3 irmãos, todos mais novos. Desde nova que Kerry demonstrou inspiração para o desporto, sendo o ténis o preferido. Como filha mais velha, sempre apoiou a família na educação dos seus irmãos. Os pais tiveram o papel primordial de, moralmente, motivar Kerry para não desistir do seu sonho e assim reuniram esforços para que Kerry conseguisse ir para a Austrália. “Sendo uma jovem timorense e sendo nós jovens o futuro da nossa Nação, temos o dever de dar o nosso melhor e esforçarmo-nos bastante nos estudos para contribuir para o desenvolvimento do nosso país”, declara a tenista que mereceu o seguinte comentário de Aroe Schultz:

Parabens Kerry, apresia tebes ba O ho familia tomak nia esforsu atu bele sai realidade. hau sei lembra bainhira halo intervista ba kerry iha programa CPA nian “Talentu” iha neba hatudu O iha komitmentu dunik… espera katak loron ida maluk sira CPA sei loke fali filme documenter ne para tracking kerry nia profile.. Boa sorte e Abracos

Parabéns Kerry, tenho uma enorme admiração por ti e pela tua família, pelo esforço mútuo para realizar o teu sonho. Ainda me lembro da entrevista para a CPA, em que a Kerry mostrou convicção e seriedade… espero que um dia os colegas da CPA transmitam novamente o documentario da Kerry na televisão … Espero vê-la novamente. Boa sorte e Abraços

A Serena Williams timorense

O percurso da jovem Kerry lembra o percurso da tenista Serena Williams que teve um passado familiar semelhante. Williams vem de uma família pobre, sem muitas possibilidades e saiu de um local onde a vida não era fácil. A tenista norte-americana também nunca desistiu dos seus sonhos e encarou todos os obstáculos como uma lição para ajuda-la a crescer e evoluir ainda mais como pessoa. Hoje ela é reconhecida mundialmente como uma das melhores atletas do ténis e a inspiração de Kelly Galhos:

Serena Williams, é de facto a minha inspiração para começar a jogar ténis. A sua força e perseverança serviu de exemplo para me motivar ainda mais e ajudar-me a não desistir. Eu admiro-a muito mas ainda não cheguei ao seu nível.

Kerry desafia todos os timorenses com vocação para o desporto para “não perder tempo, não desistir e agarrar todas as oportunidades que surgir e lutar” porque:

Timor precisa de todos nós.