Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Etiópia: Polícia pede mais tempo para a investigação aos blogueiros do Zone 9

No dia 14 de Maio, os blogueiros etíopes Atnaf Berahane, Zelalem Kibret e Natnael Feleke (todos membros do blogue colectivo Zone 9) e os jornalistas Asmamaw Hailegeorgis, Tesfalem Waldyes e Edom Kassaye apresentaram-se num tribunal de Adis Abeba [capital da Etiópia] pela primeira vez desde que foram detidos a 25 de Abril [en]. Na curta audiência, a polícia pediu mais tempo para conduzir a sua investigação.
 
Cena à porta do tribunal de Adis Abeba. Foto publicada com auorização.

Zelalem e Tesfalem saem do tribunal sob escolta em Adis Abeba. Foto publicada com autorização.

De acordo com os seus advogados, os detidos enfrentarão acusações relacionadas com aceitar assistência de uma ONG estrangeira e “incitar à violência através das redes sociais”.

Os seis homens e mulheres, juntamente com os blogueiros Befeqadu Hailu, Abel Wabela e Mahlet Fantahun — também membros do grupo Zone 9 — foram presos no final de Abril e têm estado detidos desde então. Todos são escritores influentes sobre questões políticas e sociais na Etiópia e têm desempenhado um papel activo na organização de debates políticos e protestos na Internet.
 

A audiência foi fechada ao público, apesar das muitas tentativas que diplomatas e outras pessoas fizeram para assistir. De acordo com amigos da comunidade Global Voices que estiveram no local, espectadores do lado de fora do edifício foram proibidos de falar com os detidos. Os apoiantes que esperaram à porta do tribunal acenaram aos detidos, que sorriram em resposta. Não puderam acenar de volta, uma vez que estavam algemados. 

A cena foi bastante emotiva: família e amigos choravam e Natnael parecia bastante abatido. Foi visto a chorar quando entrou e saiu do tribunal sob escolta. Acredita-se que os detidos podem ter sido sujeitos a tortura mas, à parte de Natnael, o grupo parecia forte e mostrava bom ânimo.

A sessão foi suspensa até 17 de Maio.

 

Saiba mais sobre este caso: