Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Movimentos dos Trabalhadores Sem-Terra estabelece parceria com Julian Assange e Wikileaks

De acordo com matéria publicada nesta quinta-feira, 15, no site oficial do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), depois de um encontro essa semana entre João Paulo Rodrigues – da direção nacional do movimento – e Julian Assange – criador do WikiLeaks – nasceu uma nova parceria de apoio político e divulgação de trabalhos de ambas as partes.

A reunião aconteceu na embaixada do Equador, em Londres, onde Assange vive há quase dois anos. Acusado por assédio sexual, se ele sair do prédio pode ser preso. Durante duas horas de conversa, Rodrigues garantiu ao ativista que o MST vai apoiar e fazer pressão pela concessão de seu asilo no Equador, participando inclusive do protesto marcado para o dia 19 de junho. A matéria conta ainda:

Ao final, os representantes do MST entregaram ao fundador do Wikileaks um cartaz assinado pelos “movimentos sociais da Alba” (Aliança Bolivariana para os Povos da América) com as fotos de Assange, Chelsea Manning (…) e Edward Snowden, antigo funcionário da CIA e atualmente exilado na Rússia. “Toda solidariedade aos combatentes do Império”, dizia o pôster.

Rodrigues também teria brincado com Assange, dizendo que se ele necessitar de asilo no Brasil, pode viver nos assentamentos do MST espalhados pelo país.