Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Primeiro-ministro australiano minimiza alegações de tortura no Sri Lanka

Australian Prime Minister Tony Abbott visits the Sri Lanka Navy vessel Sayura in Colombo, Sri Lanka. Photo by Chamila Karunarathne, Copyright @Demotix (11/17/2013)

O Primeiro Ministro Tony Abbott visita Colombo, Sri Lanka. Foto por Chamila Karunarathne, Copyright @Demotix (11/17/2013)

[Todos os links conduzem a sites em inglês]

A população da Austrália ficou estarrecida pelo contraste entre as reações de dois primeiros-ministros a respeito de alegações de violação dos direitos humanos no Sri Lanka, a saber, seu próprio primeiro-ministro Tony Abbott e o do Reino Unido, David Cameron.

Cameron advertiu ao Sri Lanka sobre as alegações de crimes de guerra. Abbott foi, digamos, um pouco mais favorável:

The Australian Government deplores any use of torture. Sometimes, in difficult circumstances, difficult things happen. The important thing is to act as quickly as you can to bind up the nation's wounds.

O Governo da Austrália lamenta qualquer uso de tortura. Às vezes, em circunstâncias difíceis, coisas difíceis acontecem. O importante é agir o mais rápido possível para curar as feridas da nação.

Muitos internautas consideram estas palavras, ditas na Assembléia dos Chefes de Estado de Commonwealth [CHOGM] como um apoio sutil a violações dos direitos humanos, incluindo a tortura. 

“Lamentável” e “difícil” não são sinônimos, Sr. orimeiro-ministro. Tentar minimizar atos de tortura… É vergonhoso! http://t.co/UJFa5ldAwB #auspol #CHOGM 

Tony Abbott, em um evento internacional, diz às vítimas de tortura do Sri Lanka: Porcarias Acontecem. #auspol

Houve um paralelo inevitável com os nazistas [Lei de Godwin]:

A Austrália se compara a Hitler em discurso no @chogm2013 – Abbott apoia a tortura e a violação aos direitos humanos pic.twitter.com/4RFG2F2gZP #auspol

As palavras controversas de Abbott foram reforçadas pela doação de governo australiano, de dois barcos de patrulha ao Sri Lanka, para ajudar os requerentes de asilo que tentam fugir do país.

Ao invés de condenar a tortura e o estrupo, razão por que tantos tentam fugir, Abbott presenteia o governo opressor com equipamento militar #auspol

Os blogueiros tem demorado a tomar parte na questão, mas o Turn Left 2013 rapidamente se manifestou. Tony Abbott condones Torture: Music And Politics apresenta uma canção da banda irlandesa Manic Street Preachers ‘If You Tolerate This Your Children Will Be Next':

If we tolerate torture of others, our children may one day be next.

Sample lyrics:

The future teaches you to be alone
The present to be afraid and cold
So if I can shoot rabbits
Then I can shoot fascists …

And if you tolerate this
Then your children will be next
And if you tolerate this
Then your children will be next

Se toleramos que outros sejam torturados, um dia pode ser a vez das nossos filhos.

Assim diz a letra de uma canção dos Maniac Street Preaches:

O futuro te ensina a ficar sozinho
O presente, a ter medo e ser frio
Então, se eu posso atirar em coelhos
Também posso atirar em fascistas

Se você tolera isso
Um dia pode ser a vez do seu filho
E se você tolera isso
Então seu filho será o próximo

Jeff Sparrow, editor da revista progressista Overland, escreveu um artigo intitulado Os Refugiados e o Abuso aos Direitos Humanos: Não podemos mais fingir que não sabemos:

…we have a responsibility to oppose Australia’s shameful refugee policy, it’s not simply for the sake of asylum seekers caught up in our jurisdiction, but because of the consequences for oppressed people elsewhere.

…nós temos a responsabilidade de nos opor à maneira vergonhosa como a Austrália trata os refugiados, não simplesmente por causa dos requerentes de asilo que são apanhados em nossa jurisdição, mas por causa das consequências para as pessoas que são oprimidas em todo o mundo.

O artigo recebeu alguns comentários propondo uma abordagem mais realista aos direitos humanos na Ásia. TheGreatCucumber argumentou:

I'm afraid that worries about universal human rights have become a luxury that the developed world is increasingly unable to afford. The UK has enough trouble in maintaining our current level of development for our citizens without having to worry about saving the world's waifs and strays.

Temo que toda essa preocupação com os direitos humanos tenha se tornado um luxo com que os países desenvolvidos são cada vez mais incapazes de arcar. O Reino Unido já está bem ocupado com a tarefa de manter o atual nível de desenvolvimento para os nossos cidadãos. Não temos tempo de salvar as criancinhas abandonadas e vagabundos do mundo inteiro

Um outro comentário, escrito por trevofbillysville no mesmo post, ecoou as primeiras respostas no Twitter:

Abbott, mouth in gear as usual ,brain not.Slogans are all he knows .What a shocker.

Abbott, a boca funcionando bem, como sempre. O cérebro, que é bom… Slogans são tudo o que ele sabe dizer. É chocante…

Tradução editada por Débora Medeiros como parte do projeto Global Voices Lingua