Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Primeiro longa-metragem do Timor-Leste tem estreia em Díli

Co-diretora Bety Reis. A Guerra Da Beatriz foi escrito em parceira entre Irim Tolentino, um autor timorense premiado, e Luigi Acquisto. Stella Zammataro é a produtora e José da Costa, da Dili Film Works, é co-produtor. A equipe foi formada por mais de 30 timorens de diversas partes do país. Quatro australianos que mantêm longa relação com o Timor-Leste também trabalharam no filme.

Co-diretora Bety Reis e equipe de produção do filme “A Guerra Da Beatriz”, que foi formada por mais de 30 timorenses de diversos departamentos do país.

A estreia em Díli do primeiro filme longa-metragem produzido no Timor-Leste, A Guerra da Beatriz [en], acontece hoje, 17 de setembro de 2013. A história de amor [en] atravessa os anos, da ocupação indonésia a tempos recentes (1975 – 2009):

[para confrontar] as questões que ocupam o coração do Timor-Leste contemporâneo: perdão, reconciliação e justiça.

Os produtores, FairTrade Film e Dili Film Works, contaram com arrecadação de doações [en] para tornar o filme possível. Uma campanha de financiamento coletivo foi lançada no início de 2011 pelo site indiegogo, e uma série de gravações semanais (anunciadas na página do Facebook de A Guerra da Beatriz) também ajudaram a arrecadar fundos.