Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Uganda: Síndrome de Nodding Nega às Crianças seu Futuro

A Síndrome de Nodding [en] é uma doença que afeta crianças entre 1 e 10 anos de idade, incapacitando-as física e mentalmente. Atualmente, está restrita a pequenas regiões no Sudão do Sul, Tanzânia e norte da Uganda.

A síndrome ainda não tem cura e sua causa é desconhecida. Recentemente, alguns idosos também apresentaram sinais da doença. A região norte do país é a principal área afetada pela moléstia, a qual impede que as crianças tenham uma vida produtiva, uma vez que as torna incapazes de realizar qualquer atividade de maneira independente – seja segurar uma faca para preparar uma refeição, no caso das meninas, ou manusear uma enxada no plantio de sementes, para os meninos.

Um rapaz de 18 anos pode aparentar ter 3 anos de idade, necessitando ser carregado nos braços para que seu corpo seja aquecido. Os primeiros sintomas da doença são o movimento contínuo da cabeça para cima e para baixo e a incapacidade de ingerir alimentos e líquidos.

A jornalista ugandense Florence Naluyimba foi a primeira a tomar a iniciativa de investigar e expor o problema. Ela diz que, embora o governo esteja tentando fornecer medicamentos em três centros de saúde para auxiliar as vítimas, essas precisam percorrer longas distâncias, a pé ou em bicicletas, para chegar aos centros. Os doentes não podem ir sozinhos aos hospitais e têm que ser carregados nas costas ou transportados em bicicletas por mais de 30 Km.

A doença geralmente provoca convulsões que, às vezes, fazem com que seus portadores caiam sobre objetos perfurantes, fogueiras ou lagos/rios, provocando ferimentos graves ou óbito. Muitas crianças perderam partes do corpo, como os dedos, em acidentes assim. Em alguns casos, as vítimas estão tão fracas que não conseguem sequer chorar.

O Centro de Controle de Doenças [en] pretende fazer uma pulverização aérea direcionada às moscas negras, as quais, supostamente, são a causa principal da doença. Mas ainda não se sabe se a medida será eficaz ou não.
Os habitantes da Uganda reclamam que, em 2010, foram levadas amostras da doença aos EUA, mas até agora eles não receberam nenhuma informação confiável sobre a cura ou causa da síndrome.

Abaixo, estão imagens e alguns vídeos encontrados no YouTube sobre a doença.

Síndrome de Nodding nos estágios iniciais.
Cortesia da ugandaradionetwork.com

Criança com ferimentos na face após cair sobre o fogo durante um episódio convulsivo.
Cortesia da 256news.com





Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.