Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Brasil: Estudantes detidos por manifestarem no Senado

Democracia e liberdade de expressão estão lentamente sendo postos de lado no Brasil na medida em que sabemos de situações em que blogs são censurados e pessoas são detidas por manifestarem contra a corrupção. Em 19 de agosto, estudantes manifestando contra o presidente do Senado José Sarney foram detidos, mantidos por três horas em uma sala dentro do Senado e submetidos a várias acusações e ameaças. Neste vídeo, feito por Christiane Couto, uma das estudantes presas, manifestantes são vistos no Senado e os seguranças começam a agir contra eles:

Os estudantes também reinvidicam terem sido ameaçados de serem demitidos e quase terem seus documentos detidos também. Vários senadores simpatizaram com a causa – assim como a deputada Janete Capiberibe que insistiu em permanecer na sala junto com os manifestantes – e convenceram a segurança que eles deveriam ser libertados.
André Dutra, um dos manifestantes detidos, contextualiza a situação. Ele bloga:

Dentro do Senado, iniciamos nossa manifestação pacífica e logo fomos atacados pela truculenta segurança do Senado. Leões de chácara, resquício da ditadura, protegidos de Sarney. Foram em cima de nossos cartazes, torceram nossos pulsos, deram golpes sutis, acertaram mulheres, inclusive. Rasgaram tudo, mas não tiveram coragem de rasgar minha Constituição. Guardarei esse exemplar para sempre, memória de que ainda há um mínimo de respeito em meu país.

O caso tem sido bastante popular na blogosfera brasileira e entre usuários de Twitter, uma vez que as mobilizações contra José Sarney crescem a cada mês. A situação atraiu a atenção de blogueiros celebridades, como o Marcelo TAS, um nome conhecido na blogosfera brasileira e apresentador do programa CQC (Custe O Que Custar), voltado ao jornalismo de humor. Ele expressa seus pensamentos sobre o caso:

Afinal existe ou não liberdade de expressão no país? […] Este blog apóia a liberdade de expressão e acredita que essa gentalha só aprende na base da pressão. Fora Sarney, reforma política já e vamos preparar os corações e mentes para varrer esses vermes nas Eleições 2010!

Um cartaz para o "Fora Sarney! mostra algumas manifestações agendadas por todo o Brasil. fonte: Blog do Marcelo Tas

Um cartaz para o "Fora Sarney! mostra algumas manifestações agendadas por todo o Brasil. Fonte: Blog do Marcelo Tas

O blog da Luciana Capiberibe publica um artigo sobre o modo com o qual a mídia local tratou o assunto. De acordo com A Gazeta, um jornal do Amapá, a polícia do Senado estaria supostamente investigando a participação da deputada Janete Capiberibe na organização do protesto, acusando-a de pagar R$ 40 aos estudantes para participarem da manifestação. A blogueira publica fotos das manchetes do jornal e adiciona uma legenda:

Jornal A Gazeta, ligado a Sarney no Amapá, faz acusações infundadas

Francis Pessoa comentou no post do blog da Luciana Capiberibe acima, complementando:

[…] Interessante como a “IMPRENSA” amapaense funciona. Algum tempo atrás, uns que nesse jornal está, faziam parte do outro jornaléco diário. Hoje eles estão do outro lado e dizem que este (jornaléco) é o melhor, o mais importante, o mais lido periódico do Amapá. Mentem. O jornaléco é doado para reciclagem na lixeira pública.
Torço para que cada brasileiro tenha em casa um computador e INTERNET. Quando esse dia chegar, muito desses jornalécos pilantras irão sair de circulação e o cidadão terá acesso (democreticamente)as informações verdadeiras. E vocês, pilantras da “IMPRENSA” não terão mais vez…
[…]
Só faltava essa!!! Dirigentes do jornaléco, vocês pensam que somos idiótas? Estamos acompanhando tudo pela INTERNET, SITE’s, BLOG’s, TWITTER e por jornalista sérios de Belém do Pará, Brasília, São Paulo e outros. Mas o fim de vocês está próximo, não perdem por esperar…

Manifestações pacíficas por justiça e liberdade de expressão e contra a corrupção no governo estão sendo considerados crimes no Brasil contemporâneo. Tsavkko – The Angry Brazilian cita muitos casos relacionados em todo o país, e ainda diz:

O que se vê é um processo – aparentemente irreversível – de criminalização e perseguição aos Movimentos Sociais, além de uma truculência absurda contra as liberdades do povo, contra o direito de protestar, reclamar e se manifestar. Abusos são constamentente cometidos pelas “forças de segurança”, privadas ou estatais, e nada nunca é feito.

A ditadura acabou quando mesmo?

André Dutra is seing holding a "Get out Sarney!" flyer.

André Dutra segurando um cartaz do "Fora Sarney!"

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.