Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Chile: Estudante joga água no rosto da Ministra da Educação

No Chile, uma estudante indignada com a repressão e encarceramento de participantes dos protestos contra a nova Lei Geral da Educação (LGE), e com as agressões e abusos sofridos por ela mesma nas mãos de militares durante estes mesmos protestos, reclamou com a Ministra da Educação durante um dos encontros participativos organizados pelo ministério [Es] para discutir a LGE. A discussão entre a estudante e a ministra terminou com uma jarra de água sendo jogada no rosto da ministra, como se pode ver neste vídeo:

O vídeo, disponibilizado pelo usuário profemetropolitano, mostra uma conferência durante os Diálogos Participativos promovidos pela Ministra da Educação. Por volta dos 2 minutos e 2 segudos de vídeo, em meio a palavras de ordem contra a LGE, uma estudante de 14 anos vestindo uma jaqueta vermelha é vista demandando explicações acerca de seus colegas de classe detidos, e exigindo respostas sobre as agressões da qual foi vítima. Ela então segue a ministra Mónica Jiménez sobre o palco, insiste em falar com a mesma e é bloqueada por membros do governo, e é então que ela agarra uma jarra de água e joga seu conteúdo no rosto da ministra.

Estudantes chilenos vem protestando contra a nova Lei Geral da Educação, como nos conta Erwin, colaborador do blogue The Latin Americanist [En], quando estão para ser votadas no Senado as especificidades que tratam das diretrizes para a educação privada, assim como a possibilidade de que estudantes sejam selecionados nas escolas a partir de seus níveis sócio-econômicos e performance acadêmica, e reclamam que o governo não está seguindo os acordos firmados durante os protestos de 2007. Em meio aos massivos protestos, ocupações de escolas e piquetes que vem sendo realizados, centenas de estudantes e professores foram reprimidos pela polícia e, em muitos casos, presos, como se pode ver nesta agregação de imagens televisivas relatando os eventos.

A Ministra declarou [Es] que o incidente em que jogaram água em seu rosto é um exemplo de como pessoas sem argumentos para defender suas afirmações recorrem à violência.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.