Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Conheça Tumi Tanakyuwan, ativista da língua thao

Language activist Tumi Tanakyuwan, setting up a display of necklaces on the street.

Foto fornecida por Tumi Tanakyuwan.

Depois da bem-sucedida campanha na internet no ano passado, celebrando a diversidade linguística on-line da Ásia, o projeto colaborativo continua em 2020. Toda semana, um ativista linguístico diferente vai administrar a conta de Twitter @AsiaLangsOnline, para divulgar suas experiências, boas práticas e lições aprendidas sobre o trabalho de revitalização e promoção do uso de suas línguas nativas, com foco no papel da internet. Essa campanha é uma colaboração entre a Rising Voices, a Digital Empowerment Foundation, e a O Foundation.

Toda semana, um anfitrião escolhido responderá algumas perguntas sobre seu perfil e sobre sua língua. Essa entrevista com Tumi Tanakyuwan (@TumiTanakyuwan), de Taiwan, oferece uma prévia sobre o que ela discutirá durante sua semana como administradora.

Rising Voices (RV): Poderia falar sobre você?

Tumi Tanakyuwan (TT): Hello everyone my name is Tumi, my tribe is Ita Thau tribe and we speak Thau language. I am learning this language from my father and teacher Hudun. My tribe started a language preservation plan in 2013, which was interrupted for a while, but in 2018 we restarted it. Now we have one full-time teacher and two full-time students learning the language and preparing to become Thau language teachers.

Tumi Tanakyuwan (TT): Olá para todos, meu nome é Tumi, minha tribo é a Ita Thau e nós falamos a língua thao. Estou aprendendo essa língua com meu pai e o professor Hudun. Minha tribo iniciou um plano de preservação linguística em 2013, que ficou um tempo interrompido e foi recomeçado em 2018. Hoje, nós temos um professor com dedicação exclusiva e dois estudantes que estão aprendendo a língua e se tornarão professores de thao.

RV: Qual a situação atual do seu idioma na internet e fora dela?

TT: We share the vocabulary, some traditional stories and real life stories on Facebook. Offline, we have a radio broadcast in our language.

TT: Nós divulgamos o vocabulário, algumas histórias tradicionais e reais no Facebook. Offline, nós temos uma estação de rádio na nossa língua.

RV: Quais assuntos você pretende abordar durante a sua semana como administradora da conta de Twitter @AsiaLangsOnline?

TT: I want to share our traditional stories and [talk about] a traditional festival which is hosted in summer time.

TT: Eu quero divulgar nossas histórias tradicionais e [falar sobre] um festival tradicional que acontece no verão.

RV: Quais são as suas motivações principais para o ativismo digital sobre sua língua? Quais são suas esperanças e sonhos para a sua língua?

TT: I want let people know about my ethnic group and our language, which is very beautiful and precious. I hope this year I can obtain an advanced certification in Thau language and become a Thau storyteller.

TT: Eu quero que as pessoas conheçam o meu grupo étnico e a nossa língua, que é muito bonita e preciosa. Este ano, eu espero obter meu certificado avançado na língua thao e me tornar uma contadora de histórias do povo thao.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.