Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Educação e arte no Suriname

[Este artigo contém links que levam a outras páginas, inclusive noutros idiomas, caso queira aprofundar o assunto].

Referindo-se ao livro Education Through Art, do crítico de arte inglês Sir Herbert Read, Carmen Dragman, do Srananart's Blog, avaliou o valor da arte na educação, sugerindo que o atual modelo caribenho prejudica os estudantes por não reconhecer seu poder como um escape criativo e uma ferramenta de aprendizado:

Teachers and policy makers often actually know that art education is important for each individual, but don’t actually realize as yet how important the subject is. These lessons are mostly seen as ‘means of relaxation’ but not as means of support. Surely not before tests and examinations…

Os professores e os políticos sabem que a educação artística é importante para cada indivíduo, mas não perceberam o quão importante. Essas aulas são geralmente vistas como “formas de relaxamento”, ao invés de  “uma forma de ajuda”. Obviamente não antes de testes e provas… 

Dragman acredita em aprender fazendo – movimento, jogos, modelagem – e cita vários exemplos de sua própria experiência no ensino, que confirmam o sucesso desta abordagem. Ela explica: 

If expressive education is given correctly, the cognitive, socio-emotional, sensitive, motoric, affective and creative development of the child will be stimulated. It is therefore very important that this subject be not only presented as an isolated subject, but be also integrated in the other school subjects.

Se a educação expressiva é aplicada corretamente, o desenvolvimento cognitivo, sócio-emocional, sensitivo, motor, afetivo e criativo da criança será estimulado. Por isso, é muito importante que este tema não seja tratado de maneira isolada, mas integrado as demais disciplinas escolares.