Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Mundo Árabe: Descanse em Paz, Whitney Houston

Os árabes juntam-se ao resto do mundo em luto pela morte da superstar Whitney Houston, que foi encontrada morta em seu quarto no Beverly Hilton Hotel, aos 48 anos. As reações nas plataformas das redes sociais variaram de tristeza e choque até questionamentos sobre o porquê da morte de Houston em poucas horas ter recebido mais cobertura do que as mortes de milhares de sírios nos últimos 11 meses.

De Dubai, Emirados Árabes Unidos, o canal do cantor Herv, no YouTube, compartilhou este vídeo que mostra as Fontes de Dubai sincronizadas com a música I Will Always Love You, de Houston. O vídeo foi visto 115.600 vezes desde que foi postado ontem.

http://www.youtube.com/watch?v=xBquqHc_WHo

No Twitter, a egípcia Marwa G H faz uma comparação de como as notícias da carnificina diária na Síria estão sendo recebidas em todo o mundo. Ela diz:

@Marwa_G_H: everyone is sad & posting about Whintey's death?! 100 people die every day in #Syria – it makes no-one sad. Maybe they should start singing?

@Marwa_G_H: todos estão tristes e postando sobre a morte de Whitney?! 100 pessoas morrem todos os dias na #Síria – e ninguém se entristece com isso. Talvez essas vítimas devessem começar a cantar?

Misha Zand, que mora no Cairo, responde:

@MishaZand: Thank you! WH has been a process of suicide waiting to happen for almost two decades now! While others fight to survive. #syria

@MishaZand: Obrigada! WH foi um processo de suicídio que esperou para acontecer durante quase duas décadas! Enquanto outras pessoas lutam para sobreviver. #síria
A cantora Whitney Houston apresentando-se no Good Morning America, 2009. Imagem do usuário do Flickr asterix611 (CC BY-SA 2.0).

A cantora Whitney Houston apresentando-se no Good Morning America, 2009. Imagem do usuário do Flickr asterix611 (CC BY-SA 2.0).

E Fadi Al Qadi acrescenta:

@fqadi: either we'ren't informing world properly, or it doesn't want be informed: millions of RIP to Whitney Houston, few for 1000s #Syria victims

@fqadi: ou não estamos informando ao mundo de maneira adequada, ou o mundo não quer ser informado: milhões de condolências por Whitney Houston e poucas para os milhares de vítimas na #Síria.

O sírio Amal Hanano vê o caso de uma perspectiva diferente, ele compartilha versos de uma música de Houston:

@AmalHanano: “No matter what they take from me, they can't take away my dignity.” #Homs #Syria #favoritewhitneysong

@AmalHanano: “Não importa o que eles tirem de mim, eles não podem tirar-me a dignidade.” #Homs #Síria #músicafavoritadawhitney

Enquanto Dalia Ezzat questiona:

@DaliaEzzat_: What is it with the twitter conscience police? Whether people want to tweet about Syria, Greece, or Whitney Houston is their prerogative.

@DaliaEzzat_: O que está acontecendo com a polícia da consciência do twitter? As pessoas twittarem sobre Síria, Grécia ou Whitney Houston é uma prerrogativa delas.

Por fim, o diplomata do Catar, Nasser H Al Khalifa, nos lembra:

@NasserIbnHamad: Whitney Houston passed away and with her part of my generation memory.She had a great voice and deep feelings you can feel listening to her

@NasserIbnHamad: Whitney Houston faleceu, e com ela, parte das lembranças de minha geração. Ela tinha uma grande voz e sentimentos profundos, é possível sentir ao ouvi-la.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.