Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Rússia: Retrospectiva da Internet em 2010

Photo by storozhenko/Flickr

O ano de 2010 possibilitou o avanço de várias tendências da Internet russa. O número de internautas cresce muito rapidamente à medida que as pessoas procuram notícias online e fazem uso das redes sociais de forma mais ativa. De diferentes maneiras, o ano de 2010 trouxe o reconhecimento do poder da Internet para a sociedade russa.

De acordo com RuMetrica [rus], havia 38 milhões de usuários fazendo uso diário da Internet em novembro de 2010. É um aumento de 40% em relação a apenas um ano atrás. A mesa redonda “RuNet 2010″ que aconteceu no Duma (parlamento russo) em dezembro deste ano também deu ênfase ao fato de que existem 46,5 milhões de internautas no país. É o número mais alto de usuários de Internet na Europa. No entanto, a Rússia ainda fica atrás quando se trata de penetração da Internet.

Os russos estão consumindo notícias online ativamente e gradualmente ficando longe da mídia tradicional. O setor de notícias online tem, atualmente, 19,6% dos usuários da RuNet [apelido dado à Internet russa]. Outros campos populares na Internet são os negócios, computadores e filmes com 15,9%, 12% e 9,8% da audiência online respectivamente.

Aparentemente, os russos passaram a ter mais interesse em visitas virtuais a museus nacionais e galerias de arte ao mesmo tempo que perderam o apetite por música online. RuMetrica explica isto pela enorme disponibilidade de música nas redes sociais (a mais popular delas, a Vkontakte.ru, é conhecida por disponibilizar facilmente para todos seus usuários uma grande quantidade de conteúdo protegido por direitos autorais). Ao mesmo tempo, RuMetrica afirma, visitas virtuais a museus nacionais tornaram-se disponíveis somente mais recentemente e muitas pessoas de lugares distantes do país ganharam a oportunidade de visitar as melhores galerias de arte online.

A blogosfera russa cresceu rapidamente em tamanho - existem 30 milhões de blogs – e popularidade em 2010. De acordo com o serviço de monitoramento da mídia Public.ru [rus], a imprensa tradicional citou informações retiradas da blogosfera 6 mil vezes em 2010. Isto representa 30 vezes mais do que cinco anos atrás.

Public.ru também percebe que os blogueiros independentes tiveram uma participação ativa na formação da opinião pública em 2010. “Políticos, funcionários públicos, a sociedade e a imprensa tradicional começaram notar informações publicadas no Livejournal.com [a plataforma de blogs mais popular no país – GV],” Public.ru escreve. “Criou-se uma nova vertical informativa: sociedade-blogueiros-mídia-autoridades.”

Os cinco principais tópicos na blogosfera russa em 2010 que foram amplamente divulgados na imprensa convencional foram:

  • A batalha pela preservação da Floresta Khimki (veja o artigo do GVO aqui [en]).
  • O acidente de carro que envolveu o vice-presidente de Lukoil (veja o artigo do GVO aqui [en]).
  • Protestos “Blue buckets” [Baldes azuis, em inglês] (veja o artigo do GVO  aqui e aqui [en])
  • O caso do  “Perl Lieutenant” [Tenente Perl] (um vídeo do tenente russo espancando ativistas em Moscou).
  • “Rynda” e os incêndios russos (veja o artigo do GVO aqui e aqui [en]).

Entre os principais blogueiros russos estão navalny (veja uma entrevista com ele no GVO aqui [en]), tema (um designer que gosta de xingar um MONTÃO), drugoi (fotógrafo russo), top-lap (seu blog foi suspenso, GVO fez uma reportagem sobre isso anteriormente [en]) e doktor-Liza (informações aqui [en]).

É seguro dizer que as tendências online colocadas em destaque em 2010 continuarão a se desenvolver nos próximos anos. A blogosfera russa continuará a crescer e a substituir a imprensa tradicional quanto a quantidade de usuários e o impacto.  À medida que mais russos entram na Internet, várias plataformas sociais farão o elo e conctarão mais pessoas. Isto levará a uma divulgação mais rápida da informação. A eleição presidencial russa de 2012 irá, com certeza, aquecer diferentes aspectos políticos da RuNet. Consideradas pela maioria dos russos como pouco confiáveis e corruptas, as formas tradicionais de mídia serão um contraste drástico com o mundo conectado com o florescimento dos debates políticos.

Veremos também muitas histórias de sucesso de mídia cidadã e ativismo online em  2011. Várias dessas histórias (e blogueiros) não serão nada mais do que simples peões em jogadas políticas inteligentes entre os diferentes grupos no poder. Sim, autoridades russas farão várias tentativas de controlar a informação online. Tais tentativas, em sua maioria, serão sutis e não muito eficientes.

Em suma, 2011 será um ano muito dinâmico para a RuNet. Será também um ano surpreendentes para nós, pessoas que trabalham na RuNet Echo. Pessoas fascinadas e atraídas por tudo o que está acontecendo no mundo online da Rússia. Estamos, orgulhosamente, ansiosos para compartilhar nossas notícias com as comunidades mundiais e trazer RuNet mais para perto do resto do mundo.

FELIZ ANO NOVO!!!

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.