Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Costa Rica: propaganda eleitoral aprovada – ou não?

Ao longo das útimas semanas, a Costa Rica tem sido bombardeada com propagandas políticas devido à proximidade da eleições presidenciais no domingo, dia 7 de fevereiro de 2010. Devido a este fato, os candidatos a presidente têm feito o possível para atrair mais eleitores com o objetivo principal de ganhar as eleições. Em resposta a esta sobrecarga de mídia, os blogueiros costa-riquenhos têm dado suas opiniões a respeito dos anúncios dos partidos políticos, alguns dos quais aparecem aqui.

Este fenômeno teve início quando o candidato Luis Fishman do Partido Unidade Social Cristã (PUSC), também conhecido como “o menos malvado,” divulgou um anúncio em que dá apoio às mulheres grávidas e seus filhos [es]. As mulheres na propaganda insultam seus maridos que as abandonaram com seus filhos, às quais o candidato responde dizendo que ele as ajudará com as pensões que os pais deveriam lhes fornecer. O anúncio foi descrito como ridículo por alguns, assim como o blogueiro Hell in Costa Rica [es], que publicou o video da propaganda e escreveu o seguinte [es]:

Saludos queridas almas: Les dejamos esta parodia del comercial de las embarazadas cantándole al menos malo. Disfrútenlo.

Olá, queridas almas: Oferecemos a vocês este comercial paródia de mulheres grávidas cantando para os menos malvados. Divirtam-se.

A única candidata mulher, Laura Chinchilla do Partido de Liberação Nacional (PLN), divulgou uma nova propaganda [es] sobre sua trajetória desde a infância até os dias de hoje em que procura demonstrar seus propósitos firmes e sua lealdade para com os costa-riquenhos. Cambronero do blog Fusil de Chispas [es] também mostrou o anúncio e quis saber a opinião de seus leitores [es], muitos dos quais dizem que o anúncio é chato demais. Cambronero dá sua opinião:

Ahora sí, mi opinión: un spot sencillo, más racional que emotivo, formalmente conservador (ha sido el tono a lo largo de toda la campaña). Al igual que en el caso de los del PAC, yo habría esperado algo más “festivo”, pero no le veo nada malo como para destruirlo solo porque sí.

Em minha opinião, é um anúncio simples, mais racional do que emocional, formalmente conservador (sendo este o tom de toda a campanha). Como era o caso com o PAC, eu estava à espera de algo mais “festivo,” mas não vejo nada errado que justificasse sua destruição pura e simples.

Por fim, o candidato Ottón Solis do Partido Ação Cidadã (PAC) também exibiu uma nova propaganda recentemente, convidando os jovens a usar seus registros de identidade pela primeira vez ao votar nele [es]. Solis tenta atrair os votos dos eleitores de primeira viagem e daqueles que votaram nele nas eleições anteriores de tal forma que ele não se mantenha “assim” (“desta forma” – em outras palavras, não vitorioso). Uma vez mais, Cambronero do blog Fusil de Chispas [es] publicou as propagandas e pediu a opinião de seus leitores. Rodrigo Garnier escreve [es]:

Está bien trabajado. Ottón se ve y se siente algo diferente. Sin embargo el peso de lo hecho durante años anteriores y durante la campaña creo que no le alcanzarán, se quedará en “así”.

Está bem feito. Ottón passa a imagem e a sensação de algo diferente. No entanto, o peso daquilo que ele fez em anos passados e durante a campanha eleitoral não acho que irá convencer, ele permanecerá “daquele jeito.”

Embora o candidato partidário Otto Guevara do Movimento Libertário (ML) tenha exibido novas propagandas [es] e mais progresso, de acordo com a sociedade, parece estar mais calmo do que em eleições anteriores. Esta propaganda tenta convencer as famílias costa-riquenhas de que uma mudança positiva no país significa uma melhoria dos serviços de saúde e de educação, mas sempre em oposição ao Partido de Liberação Nacional.

Quarta-feira, 3 de fevereiro foi o último dia para a propaganda política e agora tudo que os candidatos podem fazer é esperar.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.