Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Milionário Egípcio Sentenciado à Morte por Assassinato de Cantora

O povo egípcio testemunhou o mais inesperado veredito na história do sistema judiciário do país: O bilionário Hesham Talaat Moustafa [en], assim como o assassino profissional contratado por ele, Mohsen El Sokary, receberam a sentença de morte [en] pelo assassinato da cantora libanesa Suzanne Tameen [en]. O terrível assassinato aconteceu em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e a sentença de quinta-feira foi recebida com choque e surpresa enquanto a blogosfera local começa a absorver as notícias do veredito.

A prolífica blogueira Zeinobia [en] foi a primeira a dar a notícia:

On May 21, Judge Muhammadi Qunsuwa announced the case will be referred to Grand Mufti Ali Gomaa, the nation's highest religious official, who will rule on Moustafa's death sentence on June 25.

“No dia 21 de maio, o Juiz Muhammadi Qunsuwa anunciou que o caso vai ser enviado ao Grão Mufti Ali Gomaa, o mais alto oficial religioso da nação, que vai decidir sobre a pena de morte de Moustafa no dia 25 de junho.”

Um choque para todos, o veredito deixou o réu sem ação. O jornalista Ahmed El Desouky [ar] estava entre os primeiros a relatar as reações da corte à comunidade online egípcia, dizendo:

انتابت المتهمين حالة من الهياج بعد النطق بالحكم وعبروا عن غضبهم الشديد وصدمتهم ووصفوا الحكم بانه قاس جدا بينما تفاوتت ردود الفعل خارج المحكمة لكن السائد ان الحكم قصاص عادل من شاب استغل سلطته ونفوذه وامواله فى العبث ظنا منه انه فوق القانون

“Houve uma grande revolta na corte depois que a sentença foi anunciada, e os envolvidos [no processo] expressaram grande raiva e choque ao descreverem o veredito como exageradamente duro. As reações variavam do lado de fora do salão da corte, mas a maioria das pessoas via a punição como justa para um homem que abusou da sua autoridade, influência e dinheiro, pensando estar acima da lei.”

As reações variaram entre a aprovação e apoio ao veredito à tristeza e simpatia com o réu. Em seu post, a blogueira Desert Cat [ar] mostrava-se surpresa com a passagem do mesmo veredito para Moustafa e El Sokary:

للأسف الحكم جه النهاردة عكس توقعات الجميع وهو إحالة اوراق المتهمين لفضيلة مفتى الجمهورية .. وبعد النطق بالحكم سادت حالة من الهرج والمرج داخل قاعة المحكمة بسبب صراخ الجميع غير مصدقين من عائلات محسن وهشام والعاملين فى مجموعة طلعت مصطفى بينما هشام ومحسن انتابتهم حالة صمت تااااااامة انا نفسى مش كنت مصدقة لأن جريمة هشام هى التحريض على القتل بينما محسن اللى نفذ ازاى يكون الحكم متساوى

“Infelizmente o veredito que foi proferido ontem foi contrário ao que todos esperavam e o caso agora está sendo repassado ao Grão Mufti. Depois que o veredito foi lido, o caos tomou conta da corte, com as famílias de Mohsen e Hesham gritando, junto aos empregados do grupo Talaat Moustafa, que não podiam acreditar no que haviam ouvido. Enquanto isso, Hesham e Mohsen ficaram em completo silêncio. Pessoalmente, eu não consigo acreditar [no que está acontecendo] pois o crime de Hesham foi instigar um assassinato enquanto Mohsen foi aquele que o cometeu. Como é que eles podem receber a mesma punição?”

Ahmed Shokeir respondeu à pergunta da blogueira na área de comentários do post, dizendo:

في معظم القوانين يعاقب المحرض على الجريمة بنفس عقوبة الجاني وفي بعض القوانين تغلظ العقوبة وتكون أشد من العقوبة التي تقع على الجاني

“Na maior parte das leis, a punição para aqueles que instigam crimes é a mesma dada aos criminosos [que os executam]. Em algumas leis, a punição dada [a quem instiga] é até mais severa do que a [punição] dada ao criminoso.”

Os apoiadores do milionário do mercado imobiliário no Facebook reagiram ao veredito no grupo “Free Hesham Talaat Moustafa” (“Libertem Hesham Talaat Moustafa”) também.

Ashraf Elmanwaty disse:

I still have hope HTM will be free… This is an over reaction judgment

“Eu ainda tenho esperança de que HTM irá ser libertado… este julgamento é uma reação excessiva.”

Enquanto isso, Miral El Ramlawy escreveu:

90% of Egyptians do NOT believe he did it and the court owes it to the Egyptians to announce what they based the verdict upon!! Phone calls that don't have any explicit message is NO PROOF…we are waiting for justification!

“90% dos egípcios NÃO acreditam que ele tenha feito isso e a corte deve anunciar aos egípcios sobre o quê eles basearam seu veredito!!! Ligações telefônicas que não apresentam nenhuma mensagem explícita NÃO SÃO PROVAS… e nós estamos esperando por uma justificativa!”

Depois do choque, as pessoas começaram a analisar. Zeinobia [ar] explica:

• when the judge says that that the papers of the convicted will be sent to the grand Mufti for consulting means in most situations that that convicted will face the death penalty. The death penalty needs the opinion of the grand Mufti to support it from the religious point of view ,the Sharia point of view to fulfill justice.It is not everyday that you order the death of someone.
• In most cases if not all of them the grand Mufti approves and supports the judge’s verdict.

“- quando o juiz diz que os documentos do indiciado serão enviados ao Grão Mufti para consulta, isso significa na maior parte das situações que o condenado irá enfrentar a pena de morte. A pena de morte precisa da opinião do Grão Mufti para ter um apoio do ponto de vista religioso, o ponto de vista da Sharia na busca da justiça. Não é todo dia que você ordena a morte de alguém.
– Na maior parte dos casos, se não em todos eles, o Grão Mufti aprova e sustenta o veredito do juiz.”

E ela então continua:

• Second in case of Hisham and Sokary,the judge will announce the final verdict on the next 25th of June 2009 ,which is nearly about month and 5 days ,I believe it is a long period to stand in the death row.
• Third when the judge announces the final verdict , the lawyers of the convicted will have the right to [appeal].

“- Segundo, no caso de Hisham e Sokary, o juiz irá anunciar o veredito final no próximo dia 25 de junho de 2009, o que é mais ou menos um mês e cinco dias [a contar de hoje], e acredito que este é um período bem longo para se passar no corredor da morte.
– Terceiro, quando um juiz anuncia seu veredito final, os advogados do condenado tem o direito de [apelar].”

Então, pode ser que haja um segundo round, e é isso que vamos descobrir no dia 25 de junho.

Enquanto isso, há perguntas e dúvidas sobre os importantes negócios imobiliários de Hisham. O blogue do editor do The Mideast Institute relata [en]:

The Talaat Mustafa Group (TMG), a huge real estate conglomerate through which Mustafa made his billions, doesn't want any stockholders to worry just because the company's founder and namesake is under a death sentence. A TMG official reassures investors:
Sawaftah said that TMG’s corporate structure prevents “the absence of one individual” from affecting its activity

“O Talaat Mustafa Group (TMG), um enorme congromerado imobiliário através do qual Mustafa fez os seus bilhões, não quer que seus acionistas se preocupem por conta da sentença de morte recebida pelo fundador, que dá também seu nome à companhia. Um funcionário do TMG tranquiliza os investidores [en]:
Sawaftah disse que a estrutura corporativa do TMG previne que “a ausência de um indivíduo” afete as suas atividades.”

1 comentário

  • Trackback: Twitted by gvopt

    […] This post was Twitted by gvopt – Real-url.org […]

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.