Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Mário Lopes é destaque da juventude em São Tomé e Príncipe

Foto do acervo pessoal de Mário Lopes, usada com permissão.

No passado mês de Julho, o autor do Global Voices Mário Lopes foi anunciado como vencedor da edição 2019 do prémio “Jovens que Inspiram”, uma iniciativa da Associação Mén Non, que tem como objectivo incentivar os jovens de São Tomé e Príncipe ao empreendedorismo social.

Mário Lopes é activista social, e actualmente é Vice-Presidente da Conexão Lusófona e representante do Conselho Nacional da Juventude de São Tomé e Príncipe em Portugal.

O anúncio do vencedor foi feito no âmbito dos festejos comemorativos alusivos ao 44º aniversário da Independência da República Democrática de São Tomé e Príncipe em Portugal.

Inspirado em Alda do Espírito Santo, figura emblemática da luta pela independência do país e autora do hino nacional de São Tomé e Príncipe, o prémio destaca os feitos de jovens que contribuem de forma positiva para o engradecimento de São Tomé e Príncipe em vários sectores de actividade.

Alda do Espírito Santo é uma referência política, social e cultural da nação santomense, bem como referência da literatura de língua portuguesa. Ela sempre rejeitou vanglórias e com humildade continuou a batalhar pela conquista do progresso do país soberano até o seu último suspiro em 2010.

Mário Lopes tem-se destacado também no seio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) por ser um agente de mudança e promotor das políticas da juventude e comprometido com a construção de uma nova geração de jovens líderes na CPLP. Em reacção ao prémio, Mário Lopes disse:

É uma honra para mim, ser galardoado com um prémio com denominação de sua mentora é de grande simbolismo, pois fui em tempos um dos pupilos da Poetisa Alda do Espírito Santo. É também muito especial porque este reconhecimento vem do público, de todo um percurso que tenho feito, e reforça o comprometimento da minha parte no empoderamento dos jovens matéria de empreendedorismo social, implementação dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, e na construção de novas lideranças.

O feito de Mário Lopes foi destaque no canal da VOA [ver vídeo da entrevista], um órgão de comunicação em língua portuguesa com dimensão internacional:

Mário Lopes esteve numa lista de nomeados que também incluiu:

  1. Fábio Guadalupe – Fundador da Revista e TV Zunta Cloçon
  2. Guedes Medeiros – Fundador da Rádio Somos Todos Primos

    Foto do acervo pessoal de Mário Lopes, usada com permissão.

  3. Neusa Sousa – Produtora de Conteúdos da RTP África
  4. Mirco Santiago – Luta contra o desperdício alimentar, recolhe alimentos desperdiçados e distribui aos sem-abrigos
  5. Olímpia Barbosa – Jovem promessa do atletismo em Portugal

Para além do prémio, sabe-se igualmente que Mário Lopes esteve recentemente em São Tomé e Príncipe trabalhando com jovens em matéria de implementação dos ODS (Objectivos de Desenvolvimento Sustentável), tendo sido a figura central do 2º Fórum do Objectivo de Desenvolvimento Sustentável organizado pelo Conselho Nacional da Juventude com o apoio das Nações Unidas.

O evento tem percorrido o território nacional, e dando a conhecer aos jovens e a população em geral o conceito, a responsabilidade do Cidadão, Estado e das Empresas para o cumprimento da Agenda 2030. Sobre esta iniciativa, Mário concluiu que:

Quero ser a ponte para os jovens da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa construírem seus sonhos, alicerçado no compromisso de cada um alcançar o verdadeiro potencial e coloca-lo ao dispor do seu bairro, sua região, seu país e seu continente. Acredito que a nossa geração pode fazer historia construindo o futuro juntos nessa era global.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.