Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

As personalidades da história africana que o mundo deveria conhecer melhor: Richard Ratsimandrava

Imagem do documentário sobre Richard Ratsimandrava no YouTube

Este artigo faz parte de uma série sobre personalidades da história africana desconhecidas do grande público e que, de acordo com a equipe editorial da Global Voices, devem ser mais bem compreendidas. Esta série pretende tornar essas personalidades e o contexto em que atuaram mais conhecidos do grande publico, bem como fazer uma crítica sobre como foram apresentadas ao resto do mundo.

A) O essencial

Nome: Richard Ratsimandrava
Data de nascimento: 21 de março de 1931
Função: Coronel do Exército, comandante da Guarda Nacional, ministro do Interior e presidente da República.

B) Por que devemos conhecê-lo

Richard Ratsimandrava ficou conhecido por desenvolver o conceito de governança em Madagascar, por meio do fokon’olona, um conselho de sábios de aldeias composto de membros de vários clãs. O modelo francês de governança foi imposto em toda a ilha durante o período colonial e mantido durante o regime presidencial de Tsiranana, e Ratsimandrava desejou retornar às raízes do modelo tradicional da sociedade malgaxe. Essas medidas também foram tomadas com o objetivo de reconciliar diferentes movimentos políticos que se enfrentaram violentamente entre 1970 e 1971.

Na verdade, 1970 foi um ano decisivo para Madagascar, que passou por uma importante crise política pela primeira vez desde sua independência.

Em 1972, ocorrem maciços protestos político-sociais contra o presidente Philibert Tsiranana, que, em 18 de maio de 1972, concede plenos poderes ao general Gabriel Ramanantsoa, chefe do Estado-Maior do Exército. Gabriel Ramanantsoa inicia então um período de reconciliação política, mas seus esforços foram em vão. No dia 5 de fevereiro de 1975, em meio a uma profunda crise política, Ramanantsoa decide renunciar em favor do coronel Richard Ratsimandrava, que atuava como ministro do Interior.

Richard Ratsimandrava foi escolhido como presidente, já que sua política era baseada em:
• Desenvolvimento nacional por meio dos “fokon'olona”.
• Ênfase da economia malgaxe, baseada na atividade rural e local.
• Descentralização dos poderes.

Esse programa de governo nunca foi implementado porque Ratsimandrava foi assassinado uma semana após assumir o cargo. Apesar da longa investigação conduzida pelo general Gilles Andriamahazo para esclarecer o assassinato, o caso nunca foi solucionado. A fim de encerrar as crescentes tensões ocorridas em todo o país, o processo foi finalmente encerrado.

C) O que não encontraremos na Wikipédia

Ratsimandrava deixou uma marca no subconsciente coletivo dos malgaxes de sua geração. Em razão do curto mandato presidencial, abreviado por sua morte repentina, ele não é muito discutido nos livros de história ou nas enciclopédias, mas é possível encontrar na internet várias homenagens: poemas, depoimentos, etc., como os que seguem abaixo:

Par Maryse RANDRIANASOLO: 

TSY ADINOINA
Na dia eo aza ny fisarahana
Tsy adinoina ireo fotoana mamy niarahana
Misoritra ato an-tsaiko sy ato am-poko
Ireo tsiaro mampisento ka tsy foiko

Eu não esqueço

Ainda que tenhamos nos separado,
Eu não esqueço os momentos felizes que juntos vivemos
Estão gravados na minha alma e no meu coração
Porque as lembranças me definham, mas sem elas não consigo viver

 

Faly R, pour Orange.mg:

C’est à ce grand homme que l’on devait le terme « Fokonolona » car sa politique était basée sur le fait que le peuple rural devait être au centre des structures institutionnelles et économiques. Lorsque Ramanantsoa lui a légué le pouvoir, il s’est mis en tête de restructurer ce fameux cadre du « fokonolona » en prenant comme base les initiatives des villageois qui trouvent leurs financements dans leur propres transactions.

A esse grande homem devemos o termo “Fokonolona”, pois sua política era baseada no fato de que o povo rural deveria ser o centro das estruturas institucionais e econômicas. Quando Ramanantsoa lhe transferiu o poder, Ratsimandrava decidiu restabelecer a notória estrutura “fokonolona”, com base nas iniciativas dos moradores, que financiavam seus próprios negócios.


D) A história que poderia surpreender 

Richard Ratsimandrava é até hoje o presidente da República com o segundo mandato mais curto da história: uma semana, de 5 a 11 de fevereiro de 1975.
O mandato presidencial mais curto é o de Pedro Lascurain, no México, que durou menos de uma hora, em 18 de fevereiro de 1913.
Na terceira posição vem William Henry Harrison, presidente dos Estados Unidos, que governou durante um mês, de 4 março a 4 de abril de 1841.

E) Não se pode agradar todo mundo

Querido do público malgaxe em geral, Richard Ratsimandrava não recebia apoio de todos os membros da classe política na década de 1970. A influência do povo malgaxe na economia nem sempre estava em linha com a política do governo anterior. Além disso, ele era comandante da Guarda Nacional, que reprimiu as primeiras rebeliões entre 1970 e 1971.

F) Uma imagem/vídeo vale mais que mil palavras

Cerimônia para lembrar o aniversário da morte de Richard Ratsimandrava em 2013 em Ambohijatovo Ambony:

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.