Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Egito: Embates em vídeos

Este post é parte de nossa cobertura especial dos Protestos no Egito em 2011.

O mundo está de olhos no Egito, que já conta o 10º dia de protestos contra o regime político. Com o reestabelecimento da conexão à internet, presenciamos um aumento da movimentação no twitter e o surgimento de fotos e vídeos retratando a situação nas ruas do país, de acordo com o olhar do povo Egípcio.

O Citizentube atua como uma curadoria coletiva de vídeo. Na página deles no YouTube, há um formulário de envio para que qualquer pessoa possa enviar imagens do protesto que serão depois incluídas no site.

Raw footage from individuals on the ground offers a visceral window into the situation in Egypt, where crowds are gathering to demand President Mubarak's resignation.

If you've found videos on YouTube that document what's happening on the streets of Egypt's cities, please add the links here.

Imagens brutas feitas por indivíduos in loco oferecem uma janela visceral para a situação do Egito, onde multidões se juntam exigindo a renúncia do Presidente Mubarak.

Caso tenha encontrado vídeos no YouTube que documentem o que está acontecendo nas ruas do Egito, acrescente os links aqui.

Veja um vídeo mostrando a movimentação na Praça Tahrir vista de cima:

http://www.youtube.com/watch?v=by3NvrMwups

E este outro mostra os embates a partir do solo:

Outras ferramentas em uso incluem aparelhos celulares que enviam vídeos diretamente para a internet, como Ahmed Naguib está fazendo com suas contas no Twitter e no tumblr. Ele também disponibilizou fotos mostrando os hospitals improvisados para atender os manifestantes, como esta:

Medicine and Medical Supplies by Ahmed Naguib

Ele também enviou vídeos rápidos que dão uma noção do que está acontecendo no local, como estas imagens mostrando músicos tocando na Praça Tahrir:

http://qik.com/video/33502537

Ou este outro que mostra manifestantes entoando cânticos e agitando bandeiras, à noite:

http://qik.com/video/33517720

No Facebook, Ahmad Elhag enviou um vídeo mostrando um camburão do exército atropelando manifestantes pelas costas: uma versão mais longa pode ser vista no YouTube:

Mas não são apenas carros que governo está usando para atropelar a população que protesta: no vídeo a seguir é possível ver como cavalos e camelos estão sendo usados para o trabalho sujo, colocando em risco não apenas dezenas de pessoas, mas também os animais. Após o confronto inicial, os manifestantes são vistos conduzindo os animais já sem cavaleiros:

E a imagem a seguir diz tudo:

Sem comentários! Por AmalShawki

Este post é parte de nossa cobertura especial dos Protestos no Egito em 2011.

3 comentários

  • […] This post was mentioned on Twitter by Diego Casaes and GV Lusofonia, Raphael Tsavkko. Raphael Tsavkko said: Egito: Embates em vídeos: O mundo está de olhos no Egito, que já conta o 10º dia de protestos contra… http://bit.ly/hGCFOB #GVO #eblog […]

  • José Carlos

    Por que temer o espírito revolucionário árabe? por Slavoj Žižek

    Tradução do Professor Idelber Avelar.

    O que não pode senão saltar aos olhos nas revoltas na Tunísia e no Egito é a conspícua ausência do fundamentalismo muçulmano. Na melhor tradição secular democrática, o povo simplesmente se revoltou contra um regime opressor, sua corrupção e pobreza, e exigiu liberdade e esperança econômica. Provou-se equivocada a cínica sabedoria dos liberais ocidentais, segundo a qual, nos países árabes, o senso democrático genuíno se limita a estreitas elites liberais, enquanto a vasta maioria só pode ser mobilizada através do fundamentalismo religioso ou do nacionalismo. A grande questão é: o que acontece depois? Quem vai emergir como o vencedor político?

    “O Zizek é um desses pensadores que não param, não se cansam e não têm medo de exposição. É importante lê-lo pois, independente de acertar ou não nas conclusões, ele sempre traz uma luz ao debate.”
    Ivonilda em fevereiro 1, 2011 7:52 PM

    http://www.idelberavelar.com/archives/2011/02/por_que_temer_o_espirito_revolucionario_arabe_por_slavoj.php

  • […] a repressão aos manifestantes foi imensa, ao que Lucas Santos comentou: Por esse número elevadíssimo de […]

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.