Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

África: Vloggers, Bloggers e Filmes

Alguns olhares lançados sobre a África por meio de vídeos de mídia local. Desde Bob winners, até contadores de histórias, documentários sobre artistas, indústria cinematográfica nigeriana, Nollywood e muito mais.

Current TV  African Bloggers Fight Against Bad Governance

As histórias gravadas em vídeo de Usnico são interessantes e bem produzidas: um vídeo exibe os apuros sofridos pelos refugiados das enchentes africanas[EN], o outro, bem, o título já diz por ele mesmo: Disputas deixam a cidade de Tchade num estado lamentável[EN]. No site LookingGlassLand [EN], há uma variedade de amostras de vídeos selecionados que podem ser encontrados no site (Internet Movie Archives), incluindo: camaronense contador de histórias em Yaoundé [FR], um vídeo promocional de uma ugandense concorrente em um desfile de beleza.[EN] e uma fotógrafa italiana comenta sua experiência sobre fotografar uma mulher no país de Burquina Faso[IT].

nigerian VCDs at kwakoe photo by Paul Keller

VCDs nigerianos em kwakoe por Paul Keller.

Em muitos países africanos, existem indústrias cinematográficas em ascensão. Como é o caso de Nollywood, indústria cinematográfica nigeriana[EN]. A Kulture Klash International[EN] apresenta nesse vídeo a convenção de organização da indústria cinematográfica nigeriana, no qual é discutida a distribuição dos filmes de Nollywood nos EUA. Se estiver interessado em conhecer mais sobre Nollywood ou assistir outros vídeos, a jorneymanpictures[EN] exibe um documentário de 2005[EN] em que é explicado o processo de produção de um filme exclusivo e de baixo orçamento.

[clique aqui para ver o vídeo]

Um usuário do Youtube, rippleat, divulgou a segunda parte do documentário sobre a artista camaronense Issa Nyaphaga. O filme de Chris Hill permite que o próprio artista conte a história de como aprendeu a pintar um estilo tradicional em uma aldeia rural e como se tornou um cartunista político, assim quando foi processado por ignorar a censura e como encontrou asilo na França onde mais tarde, em frente ao parlamento francês, discursou sobre a celebração do 50º aniversário em favor dos refugiados na Convenção em Gênova.

[Clique aqui e aqui para ver outros dois vídeos)

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.