Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Nata Blog: Um blog de um povoado africano

Um exemplo de sucesso que ilustra em definitivo o poder e o alcance dos meios cidadãos na África diz respeito ao Nata Village Blog. Trata-se de um blog do povoado de Nata em Botswana, uma aldeia de aproximadamente 5000 habitantes localizada às margens da Makgadikgadi Pans, a maior bacia de água salgada do mundo. O blog é usado como uma ferramenta de luta contra os efeitos devastadores do HIV e da AIDS no povoado de Nata. Apresenta pessoas que convivem com a doença, entre eles, grupos jovens, equipes clínicas e assistentes sociais e dá aos leitores uma visão de dentro sobre como as pessoas vivem em uma aldeia africana. O blog também é usado para atrair recursos.

Unfortunately, HIV/AIDS is having a devastating effect on the people of this small village. Botswana has the second highest HIV infection rate in Africa. The current rate of infection is 37% nationally and Nata's rate of infection is even higher. The pandemic has left Nata with over 400 orphans. Currently, nearly 50% of all pregnant women in Nata are HIV positive. Thankfully, Botswana has free Anti-Retroviral Therapy available for those with low CD4 (t-cell) counts. We also have a Prevention of Mother to Child Transmission program that has reduced the rate of infection from mother to child to about 5%. This website is dedicated to the people of Nata who despite enormous losses and challenges still have the courage and determination to fight the ravages of this pandemic.

Infelizmente, O HIV e a AIDS têm produzido efeitos devastadores sobre as pessoas dessa pequena aldeia. Botswana possui o segundo maior índice de infectados pelo HIV na África. Atualmente, a média nacional é de 37% e o índice de Nata é ainda maior. A pandemia já deixou 400 órfãos no povoado. No momento, quase 50% de todas as gestantes de Nata estão contaminadas pelo HIV. Felizmente, Botswana tem acesso gratuito à terapêutica anti-retroviral, disponível para aqueles com contagem baixa de CD4 (celulas t). Possui também um programa de Prevenção de Transmissão da Mãe para o Filho, que conseguiu reduzidr a taxa de contaminação das mães para os filhos em mais ou menos 5%. Este website é dedicado à população de Nata que, apesar de tantas perdas e desafios, ainda tem coragem e determinação para lutar contra a destruição dessa pandemia.

No inicio, o povoado de Nata não tinha nenhum blog, até que…:

The Nata Blog was born as a result of a world traveler, Jon Rawlinson, passing through Nata on the way to the Okavango Delta. The tour books referred to Nata as nothing more than a dust hole and he had no intention of spending any time there. But, as coincidence would have it, he met a Peace Corps Volunteer named Melody Jenkins who is working as an HIV/AIDS educator and community capacity builder. Jon was interested in seeing more than the tourist destinations of Africa and wanted to learn more about the impact of HIV/AIDS on Botswana. After just one night of meeting the locals and hearing first hand accounts of the struggle to control the spread of the disease, Jon was hooked and wanted to help. He has since been back to Nata twice and has been introduced to the Kgosi (chief) and most of the professionals working to stop the spread of HIV/AIDS. Nata will benefit from the fact that our world traveler is also a professional producer and editor as well as a website designer. Jon and Melody worked on a documentary about HIV/AIDS in Nata in hopes of bringing the story of Nata to the world. Jon discovered an incredible village filled with the beautiful Mokolane Palm trees lining the Nata River. Unlike most tourists, Jon wanted to do more than just snap a few photos of elephants and giraffes and return home. He wanted to make a difference and offered to design and administer this website.
After much discussion and the frustration of donations going to large organizations that rarely get to those that really need it, Jon and Melody decided to try and help the people of Nata with this website.

Nata blog nasceu do resultado de um viajante pelo mundo, Jon Rawlinson, que passava pelo povoado a caminho de Okavango Delta. Os guias impressos de viagem se referiam à Nata como nada mais do que um buraco de poeira, de modo que ele não tinha nenhuma intenção de passar um tempo por ali. Mas, por coincidência, ele conheceu uma voluntária da Peace Corps chamada Melody Jenkins, que trabalha como educadora sobre o HIV e a AIDS e com capacitação de pessoas. Jon ficou interessado em ver além dos destinos turísticos e quis aprender mais sobre o impacto do HIV e da AIDS em Botswana. Depois de passar apenas uma noite conhecendo os nativos e ouvindo depoimentos reais sobre a batalha pelo controle da proliferação da doença, Jon foi fisgado e quis ajudar. Desde então, ele voltou à Nata duas vezes e foi apresentado a Kgosi (principal responsável) e à maioria dos profissionais que trabalham contra a proliferação do HIV e da AIDS. Nata se beneficiou do fato de que nosso viajante também é produtor, editor e webdesigner. Jon e Melody trabalharam em um documentário sobre o HIV e a AIDS em Nata com a esperança de levar a história da aldeia para o mundo. Jon descobriu um povoado incrível rodeado de palmeiras Molokane que demarcam o Rio Nata. Diferentemente da maioria dos turistas, Jon quis fazer mais do que tirar umas fotos de elefantes e girafas e voltar para casa. Ele quis fazer a diferença e se ofereceu para desenhar e administrar este website. Depois de muita discussão e da frustração com o fato de doações serem encaminhadas para grandes organizações e que raramente chegam àqueles que realmente necessitam, Jon e Melody decidiram tentar e ajudar às pessoas de Nata com este website.

Os posts do blog são escritos por Melody Jenkins, uma voluntária da organização americana Peace Corps, Martha Ramaditse, nativa do povoado e pelo Sr. Seloma Tiro, presidente da Nata AIDS e Orphan Trust, que administra os fundos angariados pelo website.

O Sr. Tiro tem desempenhado um papel crítico para o sucesso do blog:

This website would not have been possible without his generosity. Since the inception of the website, Mr. Tiro has loaned Martha and Melody his laptop computer for blogging, paid for all calls to access the internet and allowed us to use his server. He has all but turned over his own private office to us. At the birth of this website there were only 3 people in the village with internet access. Mr. Tiro became a co-founder of this website as it would not have been possible without him. Mr. Tiro is a co-owner of the natavillage.org domain and Nata village blog.

Este website não seria possível sem a sua generosidade. Desde seus primeiros esboços, o Sr. Tiro vem emprestando a Martha e a Melody seu laptop para escrever, pagando todas as chamadas de acesso à Internet e nos permitindo usar seu servidor. Ele tem tudo, mas transformou seu escritório privado para nós usarmos. No início deste website, nós éramos apenas 3 pessoas no povoado com acesso à Internet. Sr. Tiro se tornou co-fundador desse website, o que não seria possível sem ele. O Sr. Tiro é um co-proprietário do domínio natavillage.org e do Nata Village blog.

O blog foi desenhado e é administrado por John Rawlinson.

Recentemente o blog Nata Village ganhou o concurso Peace Corps Information and Technology:
Back in January, we entered the Peace Corps Information and Technology Contest. We learned in June that we were one of 9 finalists. It was just announced that we are one of the top three winners named in the contest. The three winners will be featured in the December issue of Worldview Magazine and the projects will be featured in Peace Corps internal and external publications. We've been told that we will also be featured in the Peace Corps Times. We want to congratulate the other winners Heidi Joseph in Zambia and Nicholas Cabiati and Daniel Schier in Senegal. We think it's pretty cool that all three winners are working on the African continent. It just shows that technology is available here and growing everyday. Thanks to Anthony Bloome of Peace Corps for organizing the contest along with all the judges. We need to once again thank Jon Rawlinson of Canada for his gift of this website to Nata village and Mr. Seloma Tiro for his continued financial support of this project. We also want to thank our chief Kgosi Makgesi for taking a chance and allowing his village to be the first in Botswana with a website.

Em janeiro, nos inscrevemos para o concurso Peace Corps Information and Technology. Soubemos em junho que estávamos entre os 9 finalistas. Acabaram de anunciar que somos um dos três vencedores do concurso. Os três ganhadores serão matéria da edição da Worldview Magazine e os projetos serão apresentados nas publicações internas e externas da Peace Corps. Fomos informados que seremos apresentados também na Peace Corps Times. Queremos parabenizar aos outros ganhadores Heidi Joseph, em Zâmbia e Nicholas Cabiati e Daniel Schier, no Senegal. É muito legal que os três ganhadores estejam trabalhando no continente africano. Isso mostra que a tecnologia está disponível aqui e está crescendo a cada dia. Agradecemos a Anthony Bloome, da Peace Corps, por organizar o concurso, assim como aos jurados. Precisamos mais uma vez agradecer a Jon Rawlinson do Canadá, por presentear ao povoado de Nata com o website e ao Sr. Seloma Tiro, pelo seu apoio financeiro ao projeto. Também queremos agradecer ao responsável principal Kgosi Makgesi por apostar na idéia e por permitir que essa vila fosse a primeira em Botswana a ter um website.

Por ter vencido o concurso da Peace Corps ICT, o Nata Village Blog ganhou o direito de participar do evento Global Conference on ICT and Youth for Development (Conferencia Global em TICS e Juventude pelo Desenvolvimento) em Genebra, na Suíça. A conferência foi organizada por The Global Alliance for ICT and Development (GAID) e pela International Telecommunication Union (ITU):

To go from elephants in the bush near Nata to Geneva, Switzerland is a big leap. The Peace Corps Volunteers involved with the three winning projects in the Peace Corps ICT contest have been given a scholarship to attend the Global Forum on Youth and ICT for Development in Geneva, Switzerland. Special thanks to Mr. Paul Jhin, Director of Special Inititatives at Peace Corps Headquarters in Washington, D.C. as he is responsible for securing the scholarships from the United Nations on behalf of the volunteers who will be presenting their projects at the International Conference Center in Geneva. The conference begins on September 24th and the volunteers will present on the 26th. This is an excellent opportunity to share the strengths and needs of Nata village at an international setting. The opportunity presented itself on a VERY short notice. It is amazing at which the speed of Peace Corps and the United Nations Development Program arranged for the tickets for us to travel to Geneva. Plenty of photos will be taken so we can share the experience with all of you. A heartfelt congratulations to Jon Rawlinson and Seloma Tiro who are partners in this project. Way to go guys!! By the way, Jon compiled the previous post so it's apparent who the real technical expert is. Jon, thanks for being our technical guru. We hope this opportunity brings more resources to Nata village. This post is being sent from Jo-Berg, South Africa as I patiently wait my 5 hour layover.

Deslocar-se de onde estão os elefantes nas terras de Nata para Genebra, Suíça é um grande salto. Os voluntários da Peace Corps envolvidos nos três projetos vencedores do concurso Peace Corps ICT foram contemplados com o direito de participar do Global Forum on Youth and ICT for Development em Genebra, na Suíça. Agradecemos especialmente ao Sr. Paul Jhin, Diretor de Iniciativas Especiais na Peace Corps Headquarters em Washington, D.C., já que ele é responsável por assegurar a verba das Nações Unidas em nome dos voluntários que estarão apresentando seus projetos no dia 26. Esta é uma excelente oportunidade para compartilhar a força e as necessidades do povoado de Nata em um cenário internacional. A oportunidade se apresentou como uma notícia de prazo MUITO curto. É incrível a agilidade da Peace Corps e do Programa de Desenvolvimento da ONU em providenciarem as passagens pra viajarmos para Genebra. Muitas fotos serão tiradas para que possamos compartilhar as experiências com todos vocês. Queremos parabenizar de coração a Jon Rawlinson e Seloma Tiro, que são parceiros deste projeto. Parabéns, rapazes! Por falar nisso, Jon compilou o post anterior, então está claro quem é o técnico esperto aqui. Jon, agradecemos a você por ser nosso guru técnico. Esperamos que essa oportunidade traga mais recursos para Nata Village. Este post está sendo escrito de Jo-Berg, África do Sul, enquanto me submeto pacientemente a um intervalo de 5 horas de viagem.

Durante a conferencia, a apresentação interativa do Google incluiu a historia do Nata Village Blog:

Mr. Delany [from Google] is pictured above showing a part of the Nata video, a village of hope. It's a little hard to see but on the screen is the Nata river. You will never know what pride I felt as I saw our tiny village getting a voice in this arena. Mr. Delany continued to encourage users to use all the technology available to them.

O Sr. Delany [do Google] está acima mostrando uma parte do vídeo sobre Nata, um aldeia de esperança. É um pouco difícil ver, mas na tela está o rio Nata. Vocês nunca saberão quanto orgulho eu sinto quando vejo nosso pequeno povoado ganhando voz nesse espaço. O Sr. Delany continuou estimulando aos usuários a usar toda a tecnologia disponível para eles.

Depois da conferência, Melody escreveu “Back to Reality” (“De volta à realidade”):

What a great experience it was to represent Nata village in Geneva, Switzerland. We hope the experience will bring more attention to the website and more help to the people of Nata. There were many people from different African countries at our seminar and we hope that additional villages will start their own websites and help more people in remote areas. It's just such a contrast to go from Geneva to Nata. The woman pictured above is eeking out a living selling bananas for 20 cents at the Francistown bus rank. A cup of coffee in Geneva is equal to a days wage for many people in Nata. So, it's back to work for all of us here.

Que experiência fantástica foi representar o povoado de Nata em Genebra, Suíça. Esperamos que a experiência traga mais atenção ao website e mais ajuda à população de Nata. Existem muitas pessoas de países africanos no nosso seminário e esperamos que outras aldeias comecem seus próprios websites e ajudem mais pessoas em áreas remotas. É um contraste tão grande ir de Genebra à Nata. A mulher acima vive de venda de bananas a 20 centavos no ponto de ônibus de Francistown. Uma xícara de café em Genebra equivale a dois dias de trabalho de muitas pessoas em Nata. Portanto, voltemos a trabalhar por aqui.

Doações de patrocinadores costumam ajudar as pessoas com HIV, órfãos, a clinica do povoado, a Mabogo Arts and Culture Productions, etc. Recentemente, elas patrocinaram um concurso literário:

With your donations we are currently sponsoring and essay contest for grades 6 and 7 at Nata primary school. The essay topic is: How HIV/AIDS has affected or could affect my life. We will pay $60 for 1st place, $36 for 2nd place, $18 for 3rd place, $9 for 4th place and $5 for 5th place. Certificates will be given to those coming in 6th through 10th place. This is alot of money for a child to win so we hope this encourages them to think about the topic and do their best to avoid contracting the virus. We have nearly 100 essays to read and we will announce the winners at the Standard 7 farewell party at the end of this month. We will post the winning essay with the students photo on this website so you can read how the young people of Nata are thinking about this disease. We try to think of ways to make YOUR donations have the greatest impact. For $127 we have mobilized an entire school to focus on the issue of HIV/AIDS and in the process have rewarded students for their academic efforts. Thanks to all of our donors!! By the way, it took four days to post this!! We really miss high speed internet and a decent server.

Com as doações, estamos atualmente patrocinando um concurso literário para as séries 6 e 7 da escola primária de Nata. O tema é: Como o HIV e a AIDS tem afetado ou poderia afetar a minha vida. Pagaremos $60 ao 1o lugar, $36 ao 2o, $18 ao 3o, $9 ao 4o lugar e $5 ao 5o lugar. Certificados serão fornecidos àqueles que chegarem entre 6o e o 10o lugar. É muito dinheiro para uma criança, então espero que isso os estimule a pensar sobre o tema e dêem o melhor de si para evitar a contaminação do vírus. Temos quase 100 redações para ler e anunciaremos os vencedores na festa de despedida no final desse mês. Publicaremos a redação do vencedor com a foto do aluno neste website, de modo que vocês poderão saber o que uma pessoa jovem de Nata está pensando sobre essa doença. Estamos tentando pensar em maneiras para que as SUAS doações produzam impactos significantes. Com $127 nós mobilizamos uma escola inteira para pensar sobre tema do HIV e da AIDS e, nesse processo, vamos premiar aos alunos por seus esforços acadêmicos. Agradecemos a todos os nossos doadores!!! Por falar nisso, levou 4 dias para publicar esse post!! Realmente sentimos falta de Internet de alta velocidade e de um servidor decente.

No ano passado, o Nata Village Blog foi apresentado pelo Typepad:

The resulting Nata Village Blog is a moving effort, with photographs, stories, and amazing videoblog entries. The blog documents both the challenges and the successes of the residents, clinic workers, and educators facing the HIV/AIDS pandemic…Please, just go visit the blog. It offers its authors and its readers alike a chance to do something profound.

O resultado do Nata Village Blog é um esforço constante, através de fotografias, histórias e vídeos fantásticos. O blog documenta tanto os desafios como o sucesso dos residentes, trabalhadores da clínica e educadores que se deparam com a pandemia…Por favor, visitem o blog. Ele oferece a autores e leitores a chance de fazer algo profundo.

O post mais recente do blog trata do acesso à Internet na Clínica de Nata:

Woo hoo! After what seemed like an endless wait, we finally have internet access at Nata Clinic. Pictured above is Nurse Midwife Charity (from Zimbabwe) looking up something on the internet. Officially only the Sr. Nurse, Doctor, and Pharmacist have log in privileges but we hope that privilege will soon extend to other staff members. We're told it's just a matter of registering at our sub-ditrict. It's such a great way for staff to update themselves on medical conditions and treatments. Key personnel are now able to email reports and requests to our sub-district which is 120 miles away in Tutume.

Uh-hu! Depois do que parecia ser uma espera infindável, finalmente temos acesso à Internet na Clínica Nata. Na foto acima está a parteira (do Zimbábue) dando uma olhada em alguma coisa na Internet. Oficialmente, apenas a enfermeira, o médico e o farmacêutico têm o privilégio de se conectar, mas esperamos que este privilégio se estenda logo a outros funcionários. Fomos informados de que é só uma questão de registro em nosso sub-distrito. É uma maneira tão bacana para que os funcionários se atualizem sobre condições e tratamentos médicos. Um corpo de funcionários agora é capaz de enviar relatórios e requerimentos por e-mail ao nosso sub-distrito que fica a 120 milhas em Tutume.

Matéria de Ndesanjo Macha

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.