Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Como bloggers foram parar à prisão por escreverem sobre direitos humanos na Etiópia

Melody Sundberg analisa a liberdade de expressão na Etiópia após os bloggers etíopes detidos passarem 100 dias na prisão:

A Etiópia, com uma população de quase 94 milhões de habitantes, é o segundo país mais populoso de África. No entanto, de acordo com declarações de Endalkhachew Chala em entrevista ao Global Voices, não tem um jornal diário independente nem media independente. Havia necessidade de uma voz alternativa e, por conseguinte, os bloggers da Zone 9 começaram a blogar e a usar as redes sociais para escrever sobre temas relacionados com os direitos humanos. O nome do grupo, Zone 9, refere-se às zonas da conhecida prisão etíope Kality, onde presos políticos e jornalistas estão a ser detidos. A prisão tem oito zonas, mas a nona “zona” refere-se ao resto da Etiópia. Mesmo estando fora dos muros da prisão – nunca se é verdadeiramente livre; qualquer pessoa de livre pensamento pode ser presa. Os bloggers quiseram ser a voz desta nona zona.

Na entrevista, Endalkachew diz que o grupo tinha campanhas de respeito da constituição, para acabar com a censura e de direito à manifestação. O grupo também visitou prisioneiros políticos, como os jornalistas Eskinder Nega e Reeyot Alemu. Quiseram chamar a atenção pública, usando as redes sociais.