Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Manifestação de jovens está marcada em Angola apesar de desautorização por polícia

Está desautorizada pela polícia uma manifestação de jovens convocada pelo Movimento Revolucionário Angolana para acontecer na tarde de hoje, 19 de setembro de 2013, em Luanda, capital de Angola. Horas antes do início previsto da manifestação, a jornalista moçambicana da BBC, Zenaida Machado (@zenaidamz), escreveu no Twitter:

Polícia de #Angola declara que não autorizou o protesto por temores de que o grupo use frases que incitem violência e promovam guerra.

Machado cita uma declaração do porta-voz da Polícia Nacional de Angola (PNA), Aristófanes dos Santos, transmitida ontem à noite pela emissora de televisão nacional TPA:

A polícia de #Angola prometeu agir contra o protesto. “Nós vamos reprimir veementemente todos os actos contrários à ordem e à segurança pública. E vamos usar da força se necessário for.”

Ela relembra também as declarações [en] recentes da Amnistia Internacional, instando as autoridades angolanas a não suprimirem a manifestação programada. A organização de direitos humanos tem preocupação “de que, tal como nos protestos anteriores, a quinta-feira veja actos de força sem limites contra os manifestantes”.