Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

FOTO: As igrejas choram no Egito

Em reação aos incêndios provocados nas igrejas, uma menininha no Alto Egito fez este desenho, que me levou às lágrimas.

A feminista egípcia Dalia Aziada tuitou esta foto após várias igrejas coptas terem sido queimadas em todo o Egito [en], em seguida a uma brutal operação militar em 14 de agosto de 2013, realizadas para expulsar apoiadores da Irmandade Muçulmana de duas praças no Cairo [en] que eles estavam ocupando havia semanas para exigir que o presidente deposto Morsi fosse reconduzido ao cargo.

A operação resultou em pelo menos 638 mortes, de acordo com o governo egípcio [en]. Um porta-voz da Irmandade Muçulmana afirmou que 2 mil pessoas foram mortas no “massacre” [en].

Dúzias de outras pessoas morreram no dia 16 de agosto [en], quando apoiadores da Irmandade Muçulmana entraram em conflito com forças de segurança no chamado “Dia da Ira.”

Leia mais na nossa cobertura especial Banho de sangue no Egito [en].