Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

São Tome & Príncipe: Reflexões de uma Professora Estrangeira

Raphaela Nazaré reflete sobre sua experiência como uma professora brasileira em São Tomé & Príncipe. Ela diz que, embora os estudantes estão mais disciplinados do que o que tinha visto no Brasil, a palmatória ainda é uma prática nas escolas santomense. Raphaela se pergunta se “esse tipo de regime de ensino é válido para manter a hierarquia dentro de uma escola”.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.