Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Tanzânia: Irá a Tanzânia se beneficiar por jogar com o Brasil?

Os fãs do futebol na Tanzânia estão esperando ansiosamente para ver o a seleção pentacapeã mundial da FIFA, o Brasil, jogando contra a seleção da Tanzânia em 07 de junho de 2010 no Estádio Nacional, em Dar es Salaam. O amistoso internacional entre o cinco vezes campeões do mundo e a equipe nacional da Tanzânia faz parte dos preparativos do Brasil antes da partida de abertura da Copa do Mundo, em 11 de junho na África do Sul.

A partida será transmitida ao vivo para mais de 160 países e alguns antecipam que os 90 minutos irão promover a imagem da Tanzânia no exterior.  Tanto quanto gerar publicidade para o país, [o jogo] irá também ser uma oportunidade única para os fãs locais de futebol verem os brasileiros jogarem no país.

Um debate está se formando na blogosfera tanzaniana sobre a quantidade de dinheiro envolvido no negócio e os benefícios para a Tanzânia. Chahali começou com um post intitulado Taifa Stars vs Brasil no Metro. Mas, por todas as razões erradas onde ele colou um parágrafo do Metro do Reino Unido, dizendo:

Tanzania Football Federation admits paying several million dollars to persuade brazil to play the Taifa Stars but president Leodgar tenga insists it will be worth every penny

A Federação de Futebol da Tanzânia admite pagar vários milhões de dólares para persuadir o Brasil a jogar contra os Taifa Stars, mas o presidente Leodgar Tenga  insiste que vai valer cada centavo

Embora a Federação de Futebol da Tanzânia tenha se recusado a revelar o montante de dinheiro pago aos brasileiros pela oportunidade de jogar na Tanzânia, os leitores do blog Michuzi têm aproveitado a história. Ankal Kamau que afirma ser do Quênia, escreve:

After reading this piece, “Tanzania Pay Brazil Price” from BBC, I decided to write something for my neighbours Tanzanians. A country in the bottom of the poorest in the world, I was shocked on the rationale and thinking of these people. How could Tanzania pay such a price for Brazil to come and play soccer in Tanzania, while women giving birth are dying in hospitals because they cant get medicine. The could have used the money to modernize their Airport to be the Best in East Africa.

Depois de ler esta matéria, “a Tanzânia Paga o preço do Brasil” da BBC, eu decidi escrever algo para os meus vizinhos tanzanianos. Um país no fundo [da lista] dos mais pobres do mundo, fiquei chocado com a lógica e o pensamento dessas pessoas. Como poderia a Tanzânia pagar tal preço para o Brasil vir e jogar futebol na Tanzânia, enquanto as mulheres dando à luz estão morrendo nos hospitais porque eles não podem obter remédios. [Eles] poderiam ter usado o dinheiro para modernizar os seu aeroporto para ser o melhor na África Oriental.

Alguns leitores parecem concordar com Ankal Kamau:

Let's be serious, the money is too much, the govt should at least invest in building schools and hospitals rather than bringing Brazil. It's a shame seeing students sitting on the floor in schools while our govt is wasting money…

Vamos ser sérios, é muito dinheiro, o governo deve, pelo menos, investir na construção de escolas e hospitais ao invés de trazer o Brasil. É uma vergonha ver alunos sentados no chão nas escolas, enquanto o nosso governo está desperdiçando dinheiro…

Enquanto o post de Kamau evocava uma reação negativa, em outro post [suaíli] os leitores são mais positivos sobre a partida alegando benefícios para o turismo da Tanzânia, instando o governo a aproveitar a oportunidade e promover Tanzânia:

Kwa upande mwingine, vipi kuhusu utalii. Tafadhali, wahusika (nawanyooshea vidole watu wa Wizara ya Utalii) mtumie hii fursa ipasavyo. Brazil itakuja na wanahabari kutoka kila kona ya dunia.

Por outro lado, e quanto ao turismo. Por favor, (estou apontando para aqueles no Departamento de Turismo) usem esta oportunidade de acordo. O Brasil virá com jornalistas de todos os cantos do mundo.

Outro leitor do post de Ankal Kamau’s questiona o uso da promoção do turismo para justificar o gasto:

I'm sick and tired of people using tourism as the justification for such a disgraceful act on the part of our government. We still do not have the basic necessities of water and electricity let alone decent schools and hospitals. Personally I am very disturbed. How are we promoting tourism by hosting the Brazilian football team? Someone please explain the rationale to me. When will we realise that enough is enough and that we are being taken for a ride? Lets wake up guys. Seriously…

Estou doente e cansado das pessoas utilizando o turismo como a justificação para tal ato vergonhoso por parte do nosso governo. Nós ainda não temos as necessidades básicas de água e eletricidade e muito menos escolas decentes e hospitais. Pessoalmente, estou muito perturbado. Como estamos promovendo o turismo ao hospedar do time de futebol brasileiro? Alguém explique a razão para mim. Quando iremos perceber que basta e que estamos sendo levados para um passeio? Vamos acordar, caras. Sério…

Apesar dos fãs locais do futebol reclamarem do valor da entrada mais cara para assistir o jogo na segunda (200.000 TShillings, cerca de 140 dólares) enquanto que entrada mais barata é equivalente a um salário mínimo mensal (30.000 TShillings, cerca de 21 dólares), os bilhetes devem esgotar enquanto filantropos, empresas e instituições já começaram a comprar bilhetes para dar os fãs.

Postando da África do Sul, Faustine’s Baraza tem mais material relacionado em kiswahili e inglês aqui e aqui.

A Copa do Mundo de 2010  permanece como um dos principais assuntos discutidos no blog Vijana FM. Mais posts aqui [Suaíli] e aqui [Suaíli].

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.