Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

· Fevereiro, 2011

Notícias sobre Irã de Fevereiro, 2011

16 Fevereiro, 2011

Irã: Na prisão, blogueiro Hossein Ronaghi está em perigo

Hossein Ronaghi Malki, um blogueiro iraniano, está cumprindo 15 anos na prisão, confinado na penitenciária de Evin, privado de contato com sua família ou seu advogado. Mojtaba Samienejad, um ativista de direitos humanos e secretário da Casa de Direitos Humanos...

14 Fevereiro, 2011

Irã: Vídeos dos protestos de hoje

Apesar da proibição do governo, os iranianos saíram para protestar nas ruas de várias cidades, incluindo na capital Teerã (foto acima), e ainda em Shiraz, Isfahan e Rasht. A oposição iraniana havia pedido permissão para fazer um protesto em solidariedade...

Irã: “Al Jazeera, favor cobrir o Irã como cobriu o Egito”

Os ativistas online do Irã estão inundando o ciberespaço para promover uma grande manifestação – oficialmente proibida – no dia 14 de fevereiro, dos povos do Egito e da Tunísia. Uma página no Facebook foi criada para incentivar a Al...

13 Fevereiro, 2011

Irã: Esperança, alegria e inveja enquanto o Egito se liberta

Blogueiros iranianos saudaram a saída do presidente egípcio Hosni Mubarak hoje com alegria e inveja. É uma coincidência incrível que Mubarak tenha sido derrubado exatamente no aniversário de 23 anos da revolução de 1979, quando o

Irã: Manifestantes nos telhados

Irã: Manifestantes interrompem um concerto patrocinado pelo governo do Irã

9 Fevereiro, 2011

Irã: Protestando em nome do Egito e da Tunísia

Líderes da oposição iraniana, Mir Hussein Mousavi e Mehdi Karubi, pediram [en] permissão para realizar um comício em apoio das revoltas no Egito e na Tunísia, em 14 de fevereiro (25 Bahman), de acordo com seus sites. A notícia motivou...

2 Fevereiro, 2011

Irã: “Nosso Amigo, Sr. ElBaradei” no Egito

Blogueiros iranianos de todos os espectros políticos continuam a partilhar suas opiniões sobre as revoltas no mundo árabe.