Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

· Janeiro, 2012

Notícias sobre Tecnologia de Janeiro, 2012

29 Janeiro, 2012

China: Sem Preocupação Quanto a Decisão do Twitter de Auto-Censura

O Twitter anunciou essa semana que, de olho nos lucros globais, decidiu começar a censurar conteúdo proibido nos vários mercados no qual a companhia tem usuários. Na China, onde o Twitter tem sido bloqueado por mais de dois anos mas...

28 Janeiro, 2012

Um Guia para Crowdsourcing na América Latina

O crowdsourcing permite que qualquer pessoa com uma conexão à Internet gere conteúdo útil para as massas. Na América Latina, numerosos projetos de crowdsourcing têm surgido para atender às diversas necessidades e emergências que o continente enfrenta. Jacinto Lajas, do...

21 Janeiro, 2012

Cuba: “Ser Livre Não é Fácil”

Protestos Globais Contra Projetos de Lei Anti-pirataria Americanos

O dia 18 de janeiro foi uma data importante para a Internet. Empresas como Google e Twitpic, grupos da sociedade civil e indivíduos se uniram em torno de uma causa comum: protestar contra dois projetos de lei americanos que poderiam...

16 Janeiro, 2012

Nigéria 2011: Um Ano de Pequenas Vitórias e Grandes Desafios

2011 vai entrar para a história da Nigéria como o ano da terceira eleição presidencial do país desde a independência. No primeiro semestre do ano passado, a blogosfera estava em polvorosa: os protestos, as campanhas, os debates, o papel da...

Brasil: “Ai se eu te pego” a.k.a. Atenção à Telobalização

Se está atento às novas tendências internacionais da música, se realmente gosta de música brasileira, ou se por acaso for torcedor de Cristiano Ronaldo, provavelmente já ouviu falar da música “Ai se eu te pego”. Ou sua versão em inglês:...

14 Janeiro, 2012

Rússia: Redes Sociais Mobilizam a Sociedade

RuNet Echo

Facebook, a possibilidade de calcular o número de participantes do protesto, slogans da internet, uma grande variedade de gadgets - esses são os quatro importantes fatores na análise dos protestos na Rússia. Marina Litvinovich relata.