· Setembro, 2010

Notícias sobre Protesto de Setembro, 2010

Equador: Greve da Polícia se transforma em tentativa de desestabilizar o país

Uma greve liderada pela polícia nacional equatoriana, por anúncios de modificação da Lei Orgânica do Serviço Público, acabou gerando caos no país. Desde a manhã, usuários do Twitter estão relatando os fatos e reagindo às notícias que vem surgindo.

Brasil: Último Dia de Protesto por Tribo que Tenta Provar sua Existência

Brasil: Especulação Imobiliária Ameaça o Cerrado

A especulação imobiliária está tomando conta do Brasil e estimulando o debate sobre os impactos ambientais e sociais de um setor de construção em franco crescimento. Em Brasília, a moderna capital do Brasil, esse debate também envolve os direitos indígenas...

Irã: “Shiva condenada a chibatadas na prisão”

Irã: Blogueira Presa, Shiva Nazar Ahari, é Libertada sob Fiança de $500,000

Shiva Nazar Ahari [en], ativista dos direitos humanos e blogueira presa, foi libertada ontem. De acordo com vários sites de notícias, Shiva foi solta sob uma fiança de $500,000. Ela foi julgada algemada no início de setembro e acusada de...

Portugal: Estudantes Exigem Ação Social no Ensino Superior

Palestina: Abu Rahmah condenado por incitação para o protesto não-violento

Forte condenação internacional, européia, árabe, blogueira e tuiteira se seguiu à condenação do ativista palestino pela paz e promotor de protestos não-violentos, Abdallah Abu Rahmah, sentenciado à prisão por uma corte militar israelense.

Rússia: Paganismo Mari e Acusações de “Extremismo”

Moçambique: Inquietação Violenta, Frustração em Maputo

Ao cair da noite, a incerteza resta em Maputo. Os blogueiros ainda estão trabalhando para digerir e analisar completamente as causas dos protestos, que foram desencadeados pelo aumento no custo de vida. Uma coisa é clara: isso causou um questionamento...

Rússia: Grande Manifestação em Defesa do Parque da Floresta de Khimki

Rússia: Beslan, 6 anos depois

Moçambique: Maputo em Alerta com Revolta

A cidade de Maputo está em alerta enquanto a revolta popular por causa do preço do pão, água e electricidade se alastra. Os residentes relatam distúrbios na rua e as coisas estão a tornar-se violentas.