· Novembro, 2013

Notícias sobre Mídia e Jornalismo de Novembro, 2013

Brasil: Jornalismo cidadão promove mudanças na cidade de Januária

Idealizado para acontecer em apenas uma edição, o projeto Amigos de Januária, financiado pelo Rising Voices em 2011, continua utilizando ferramentas digitais para dar visibilidade a vozes em pró da transformação social.

Ativismo digital em debate na Semana de Mídias Livres no Rio de Janeiro

Começa amanhã, 26 de novembro, a Semana de Mídias Livres no Rio de Janeiro, com uma programação que inclui debates e oficinas sobre democratização da comunicação, rádio digital, táticas de criptografia e anti-vigilância na rede, e mais.  O evento reúne até ao...

VÍDEO: “Eles trabalham para morrer”, doença misteriosa mata nos canaviais da América Central

Trabalhadores que ganham a vida com o corte de cana-de-açúcar e outras plantações, nas terras costeiras da América Central, estão sendo atingidos por uma doença misteriosa: En la región comprendida entre Panamá y el sur de México, los campesinos padecen...

Jornal “clandestino” é lançado em Moçambique

Um novo jornal “clandestino”, intitulado “Cidadão Atento”, foi lançado em Moçambique às vésperas das eleições e está sendo compartilhado como arquivo PDF pelo blog Moçambique para Todos. Na capa, o jornal traz a imagem icônica de manifestantes, com um cartaz no...

Jornalistas temem proposta de lei de proteção de informações secretas no Japão

O gabinete do primeiro ministro do Japão Shinzo Abe aprovou uma proposta de lei [ja], no dia 25 de outubro de 2013, para impor penas mais severas a funcionários públicos, legisladores e outras pessoas que vazarem segredos nacionais e prejudicarem...

“Amanhã poderá ser você”: gênero, racismo e os limites do humor no Brasil

Programas de humor no Brasil dão cada vez mais espaço para conteúdos ofensivos, cujos alvos são grupos discriminados socialmente, como os negros, as mulheres e os LGBTs. Mariana Parra guia-nos pelo debate.

Arábia Saudita prende um escritor por defender as mulheres motoristas

Um escritor saudita foi preso por apoiar o direito das mulheres do seu país de dirigir. Agora, os internautas pedem a liberdade dele.