· Julho, 2014

Notícias sobre Direitos Humanos de Julho, 2014

Dois jornalistas detidos por suspeita de difamação a um ministro de Madagáscar

Dois jornalistas do jornal Madagascar Matin foram detidos e levados para a prisão de Antanimora, em Antananarivo, capital de Madagáscar. Na manhã de 23 de julho de 2014, ambos foram convocados à Brigada de Fiadanana para uma audiência. Solo Rajaonson,...

No Brasil, inquérito policial contra ativistas lembra trama de novela mal-escrita

Depois de sair de segredo de Justiça, inquérito policial que levou à prisão 23 ativistas às vésperas da final da Copa do Mundo, revela provas baseadas em ciúmes e testemunhos questionáveis.

Como a internet ajudou mais de 20 famílias a desapropriar um edifício abandonado no Brasil

A Ocupação Saraí, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, encontrou na internet o meio de diálogo e difusão da causa por moradia, conquistando apoiadores e levando sua reivindicação para debate.

Advogado saudita de Direitos Humanos Waleed Abulkhair é sentenciado a de 15 anos de prisão

A sentença é parte do ataque contínuo da Arábia Saudita aos ativistas de direitos humanos. Abulkhair foi condenado por "insulto à ordem geral" e "agitação de opinião pública".

Digital Citizen 1.8

Nesta edição do Digital Citizen, que passa em revista notícias sobre direitos humanos e tecnologia no mundo árabe, olhamos para o impacto que o conflito na região está a ter no discurso online.

O mundo está com a Palestina: manifestações de solidariedade em fotos

Protestos tomaram diversas cidades do mundo em solidariedade à Palestina e pedindo o fim dos ataques recentes. Fizemos uma seleção de fotos tiradas nesses eventos.

Blogueiros do coletivo Zone 9 são acusados de terrorismo na Etiópia

Os nove blogueiros e jornalistas, quatro deles membros do Global Voices, rejeitaram as acusações e preparam a defesa para o julgamento em 8 de agosto.

Precisa de um resumo sobre o que está acontecendo em Israel e Gaza? Esses 5 vídeos podem ajudar

AJ+, o canal de notícias online do Al Jazeera, oferece uma série de vídeos explicativos curtos sobre o conflito entre Israel e Gaza, que até agora matou quase 200 palestinos.

O fim da Copa: Dentro do Maracanã, festa alemã; do lado de fora, a reprise da violência policial

Centenas de ativistas foram impedidos de caminhar até o Maracanã, palco da final da Copa do Mundo, pela Polícia Militar do Rio de Janeiro que usou bombas, gás e muita violência.

Lutar não é crime: Ativistas são presos “preventivamente” no Rio por protestar contra Copa do Mundo ao estilo Minority Report

No começo da manhã do dia 12 de julho, 28 ativistas contrários à realização da Copa do Mundo no Brasil foram presos "preventivamente" na cidade do Rio de Janeiro suspeitos de praticar atos violentos e sendo acusados de "formação de...

Cabo da Polícia Militar é o primeiro condenado pelos “Crimes de Maio”

O cabo da Polícia Militar de São Paulo Alexandre Andre Pereira da Silva foi condenado a 36 anos de prisão pelas mortes de Murilo de Moraes Ferreira, Felipe Vasti Santos de Oliveira e Marcelo Heyd Meres em 2006, durante os...

Polícia brasileira diz que estes dois homens portavam explosivos durante protesto anti-Copa. Vídeos e fotos mostram outra versão.

Ativistas acusam a polícia de forjar provas para incriminar dois manifestantes após protestos em São Paulo. Segundo advogados, o objetivo seria achar bodes expiatórios para mostrar serviço.

Ativista preso diz: “Estou sendo alvo de uma grande e suja perseguição política”

Esta carta, publicada pelo coletivo Mídia Ninja, foi escrita pelo estudante Fábio Hideki Harano, um dos dois ativistas presos em São Paulo após participar da manifestação “Se não tiver direitos, não vai ter Copa” no dia 23 de junho. A...

Ataques a muçulmanos continuam no Sri Lanka

[Todos os links levam a páginas em inglês.] Já são duas semanas desde que começaram os ataques violentos a muçulmanos nas cidades costeiras de Aluthgama e Beruwala, no Sri Lanka. Embora a situação tenha arrefecido após ampla condenação pública, continua...

Outra vez, disparo de um policial militar acaba provocando morte “acidental” no Brasil

Luana Barbosa passava de moto com o namorado por uma blitz quando um disparo, segundo o policial, acidental a matou. Ainda que acidente, o caso leva questionar também uma polícia militar que é treinada para o confronto.