· Março, 2011

Notícias sobre Direitos Humanos de Março, 2011

Leia este post.

Taiwan: A Busca Solitária dos Manifestantes Antinuclear

  31 Março, 2011

Uma quarta usina nuclear está atualmente em construção em Taiwan, na cidade de Gongliao, apenas 40 km distante da capital Taipé. Em 1988, oito anos após a companhia de energia de Taiwan ter decidido construir uma usina, moradores de Gongliao fizeram a primeira reunião do que se tornou depois uma organização antinuclear. Recentemente, embora a média de idade dos manifestantes seja de mais de 65 anos, eles não desistiram de protestar contra as usinas.

Leia este post.

Líbia: Cidadãos Relatam do Campo de Batalha

Vídeos de uma Líbia devastada continuam a ser divulgados, ao passo que manifestantes combatem as forças do Coronel Muamar Kadafi, numa tentativa para derrubar o regime de 42 anos. Aqui está uma seleção dos últimos vídeos feitos por internautas na linha de frente das principais cidades, onde a batalha pela Líbia ainda está sendo travada

Leia este post.

Brasil: Pela Abertura dos Arquivos da Ditadura

  31 Março, 2011

Uma blogagem coletiva foi convocada para exigir a abertura dos arquivos da Ditadura Militar Brasileira, responsável pela tortura de milhares e pela morte de 380 brasileiros. Destes, 147 continuam desaparecidos e nada se sabe sobre o destino de seus corpos. Até hoje suas famílias sofrem sem saber suas histórias.

Leia este post.

Argentina: 35 Anos Depois do Golpe de Estado

  28 Março, 2011

35 anos depois do golpe de estado na Argentina, em 24 de Março de 1976, diversas atividades foram realizadas no país. Blogueiros argentinos reagiram ao fato de que o dia é hoje feriado nacional, e partilharam suas ideias e seus sentimentos sobre o significado do dia para o país.

Leia este post.

México: Relembrando as Mulheres da Cidade de Juarez

  25 Março, 2011

A Cidade de Juarez é considerada a cidade mais violenta do México, com mais de 3.100 assassinatos registados em 2010, tendo assim uma média de 9 homicídios por dia. As mulheres não estão imunes a esta violência, e os casos de femicídio cometidos há alguns anos continuam por resolver. Neste dia Internacional da Mulher, relembramos as mulheres de Cidade de Juarez.

Síria: Horror aumenta com relatos da morte de 150 manifestantes em Dara

Notícias alarmantes começam a emergir da Síria, dentre as quais relatos de até 150 pessoas supostamente mortas pelas forças de segurança em Dara, no sul do país, onde os protestos contra o regime continuam. Estimativas anteriores de que seis pessoas foram mortas quando a polícia síria atacou a mesquita Al Omari para dispersar manifestantes estão agora sendo questionadas. Os serviços de comunicações, incluindo telefone e Internet, foram cortados.

Leia este post.

Costa do Marfim: Uma solução para a crise pós-eleitoral?

  23 Março, 2011

A crise pós-eleitoral que se estende pela Costa do Marfim está em andamento desde que os dois candidatos em disputa, Laurent Gbagbo e Alassane Ouattara, afirmaram ter vencido o segundo turno em 28 de Novembro de 2010. Seguiu-se uma série de eventos que não dão perspectiva alguma de uma solução viável.

Brasil: Criminalização de Líderes Guarani-Kaiowá

  21 Março, 2011

Israel Sassá comenta sobre o processo de criminalização em curso contra lideranças da comunidade indígena dos Guarani Kaiowa no Mato Grosso do Sul, Brasil. De acordo com o blogueiro, membros da comunidade estão sendo criminalizados por acampar nas bordas de rodovias federais depois de terem suas terras roubadas por fazendeiros.

Haiti: Ventos de Mudança?

  18 Março, 2011

“Não é o contentamento que transforma uma nação, ou a cultura, ou a história do mundo; é, sim, a insatisfação com o status quo”: Throwing Down the Water [en] acredita que a mudança pode ser possível no Haiti.

Brasil: Dia Internacional da Mulher e Anistia

  16 Março, 2011

Como parte da celebração pelo Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, seis ex-prisioneiras políticas receberam a anistia oficial do governo brasileiro, diz Rogério Tomaz Jr, do blog Conexão Brasília-Maranhão. Estas seis mulheres foram homenageadas pela perseguição que sofreram durante a Ditadura Militar (1964-1985)