Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

· Maio, 2010

Notícias sobre Liberdade de Expressão de Maio, 2010

26 Maio, 2010

Uzbequistão: O Massacre de Andijan, 5 anos depois

O dia 13 de maio marcou os cinco anos desde que as tropas de segurança Uzbeques mataram dezenas de manifestantes anti-governo na cidade de Andijan. O povo protestava contra o duro ambiente sócio-econômico e  e as políticas repressivas na região....

Rising Voices no Global Voices Citizen Media Summit 2010 em Santiago, Chile (Parte 1)

Rising Voices

Leia, veja fotos e assista videos sobre as apresentações dos projetos do Rising Voices durante o Global Voices Citizen Media 2010 em Santiago, no Chile.

25 Maio, 2010

Rússia: Outro Website Fechado por “Extremismo”

Rússia: “É Khodorkovsky um Dissidente?”

Nigéria: “Enough is Enough” – Jovens protestam na capital

Na terça-feira, 16 de março, milhares de nigerianos participaram de uma marcha de protesto na capital, Abuja, para mostrar frustração com as tristezas que continuam a dominar o país. Este tipo de protesto não tem sido uma marca comum na...

17 Maio, 2010

Vídeos do GV Summit 2010: uma discussão sobre moderação de conteúdo

GV Advocacy

Durante as discussões desse painel, Victoria Grande, Gerente Sênior de Comunicações do Youtube, falou sobre o processo de moderação de conteúdo apresentou um “por-trás-das-câmeras” na política de remoção e desativação de conteúdo do Youtube.

16 Maio, 2010

Armênia: Estação de TV banida, agora online

Blogosfera russa: Visão geral em 2009-2010

RuNet Echo

A internet russa está se tornando um lugar mais politizado e mais regulamentado. Junto com mais confiança e número de leitores, os blogueiros ganham mais atenção por parte das autoridades. Ao mesmo tempo, a estrutura da blogosfera tende a reproduzir...

13 Maio, 2010

“Sudan Vote Monitor” bloqueado por seis dias

O Sudan Vote Monitor é uma plataforma criada pela sociedade civil sudanesa usando o software open-source Ushahidi para acompanhar as eleições no país. O site permite aos cidadãos denunciar irregularidades eleitorais.

Tunísia: Formado Grupo Anti-Censura no Facebook