· Junho, 2009

Notícias sobre Liberdade de Expressão de Junho, 2009

Leia este post.

Brasil: O blog da Petrobras versus a Mídia

  20 Junho, 2009

Na primeira semana de Junho, a Petrobras - empresa de petróleo semi-estatal do Brasil - criou um blog grátis sob a plataforma Wordpress. Perguntas e Respostas de jornalistas que seriam usadas nas reportagens sobre a empresa em grandes jornais do Brasil durante a semana foram publicados entre os artigos do blog durante seus primeiros dias. Tal atitude foi vista como um ato de transparência por alguns blogueiros, e uma ameaça ao jornalismo por alguns jornais, levando a um debate acalorado sobre o poder da mídia e dos blogs.

Leia este post.

Irã: Manifestação Silenciosa do Verde em fotos

Manifestantes de todo o Irã continuam suas demonstrações contra o resultado da eleição presidencial de 12 de junho, que declarou vitorioso Mahmoud Ahmadinejad. Apoiadores do adversário de Ahmadinejad, Mir Hussein Mousavi, e muitos iranianos que profetizam “mudança” continuam a usar a cor verde como símbolo de seu movimento. Mousavi e Mehdi Karoubi, os outros candidatos reformistas, pediram ao povo para que mantivesse a calma e protestasse pacificamente. Enquanto a TV estatal iraniana não exibe imagens das manifestações, a mídia cidadã iraniana está repleta de fotos fascinantes.

lrã: Tohidloo, blogueira reformista, é presa

A blogueira reformista Somayeh Tohidloo foi presa. A medida que cresce o protesto contra a eleição presidencial no Irã, as autoridades iranianas prenderam vários ativistas políticos. Recentemente, ela e um casal de blogueiros organizou uma entrevista na internet com o ex-presidente, Mohammad Khatami.

Leia este post.

Brasil: Diálogos amplificados na luta contra o Projeto Azeredo

  11 Junho, 2009

Em mais exemplo de ciberativismo e ativismo, usuários de Internet no Brasil estão se reunindo por uma causa: combater o Projeto de Lei de Crimes de Digitais do Senador Azeredo. Este projeto de Lei, que pretende intervir severamente no modo como as pessoas usam a Internet no Brasil é seriamente criticado pelo meio acadêmico brasileiro, partidos da esquerda e pela comunidade da Internet.