· Janeiro, 2013

Notícias sobre Arte e Cultura de Janeiro, 2013

Todos lado a lado pelo futuro de São Tomé e Príncipe

  31 Janeiro, 2013

Num estilo originalmente inspirado no “We are the World“, conceituados músicos de São Tomé e Príncipe unem-se cantando um tema da autoria de Kalú Mendes, intitulado “Todos Lado a Lado Pelo Futuro do Nosso País“. A música abrange todos os crioulos das ilhas no intuito de impingir o aprimoramento do conceito de união na sociedade.

Leia este post.

Celebração do Ano Novo na Ásia Central

  17 Janeiro, 2013

Desde a independência, foram criados diversos feriados “nacionais” nas ex-repúblicas soviéticas da Ásia Central. Contudo, a tradição de celebrar o Ano Novo, a data festiva preferida na região, ainda é muito prezada pela população da antiga União Soviética. Apesar dos apelos, em que se reivindica a proibição da celebração por ela ser “importada” e “contrária ao islamismo”, os habitantes do Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Usbequistão comemoraram a chegada de 2013 em ordem com esta tradição consagrada.

Leia este post.

Bibliotecas móveis ajudam haitianos a superarem o grande terremoto

  12 Janeiro, 2013

Se hoje fosse o dia 12 de janeiro de 2010, o mundo estaria prestes a parar e emudecer diante das notícias sobre o terremoto que destruiria Porto-Príncipe, capital do Haiti. Bibliotecas móveis estão ajudando haitianos a superarem o desastre, disponibilizando recursos intelectuais, entretenimento e auxílio em questões fundamentais como saúde.

Felicidade diária para idosos

  9 Janeiro, 2013

Um coletivo de artistas portugueses uniu-se para ilustrar definições práticas de felicidade para idosos, uma para cada dia do ano. O calendário online pode ser encontrado no Felicidário.

Leia este post.

Grafite em Teerã

O Irã não é famoso pela liberdade de expressão ou pelas manifestações populares no meio da rua. Mas também existe arte de rua por lá. Enquanto algumas formas de arte "permitidas" como afrescos, mosaicos, entre outras, ornam as paredes de algumas cidades, a arte independente, o underground, embora não tão aparente quanto na Europa, pode ser visto em Teerã.